Logo
Desporto

Xadrezistas bracarenses dominaram distritais em Viana do Castelo

21 Setembro, 2022 | 10:15
Partilhar
Eduarda Alves
4 min. leitura

Xadrezistas bracarenses dominaram distritais, individuais e coletivos, nos ritmos mais acelerados do xadrez que decorreram no último fim de semana em Viana do Castelo.

Os Campeonatos Distritais Absolutos de Xadrez, nas vertentes de Rápidas e Semirrápidas, realizaram-se no passado fim de semana de 17 e 18 de setembro nas instalações da antiga Escola do Calvário, em Perre, concelho de Viana do Castelo, com arbitragem de Flávio Peixoto e direção da prova a cargo de Renato Peres.

As provas encerraram o ciclo das principais competições xadrezistas da época para os atletas e clubes minhotos e foram organizadas pela Associação de Xadrez do Distrito de Braga, com o apoio da Associação Desportiva e Cultural de Perre, da Junta de Freguesia de Perre e do Município vianense.

201 jogadores, de nove nacionalidades, em representação de 6 clubes passaram por Perre, naquela que foi uma manifestação do empenho da AXDB na descentralização do xadrez minhoto e na promoção e sedimentação da modalidade no distrito de viana e, em particular, entre os mais jovens praticantes deste distrito.

As provas coletivas decorreram no primeiro dia de competição e a grande vencedora foi a equipa bracarense da Academia de Xadrez Cidade Curiosa que arrecadou os dois títulos coletivos em disputa. O pódio de rápidas ficou completo com o Vitória Sport Clube (2º) e com o Clube de Xadrez da Associação Académica Didaxis (3º). Em semirrápidas o Vitória Sport Clube sagrou-se vice-campeão, terminando o Clube de Xadrez da Escola João de Meira na terceira posição.

A ADC Perre participou destas competições com três equipas que terminaram na 8ª, 11ª e 12ª posições da tabela final do torneio de partidas rápidas e na 5ª posição, a apenas 2 pontos do segundo lugar do pódio, na 9ª e na 12ª posições do tornio de partidas semirrápidas.

As provas individuais abriram com o triunfo de Carlos Novais (Clube de Xadrez da Associação Académica Didaxis) no ritmo mais rápido, que juntou este título ao da prova de clássicas que já conquistara esta época. A jogar “em casa”, uma vez que treina vários jovens jogadores perrenses, Carlos Novais via mais próximo um final de época de sonho, face à possibilidade de poder atingir o triplete (a vitória nos três ritmos de competição numa só época), caso vencesse a prova vespertina, o que não se veio a verificar.  Ao pódio de rápidas foram ainda o francês Colya Englisch e Tomás Santos (ambos da A.X. Cidade Curiosa). Entre os 18 atletas vianenses, o mestre nacional Henrique Pereira terminou a prova na quinta posição da classificação absoluta.

Neste ritmo destacaram-se ainda os jovens Colya Englisch e Filipa Osório (ADC Perre) como melhores sub20, Rodrigo Tristão (ADC Perre) melhor sub16, Jesus Tinoco (AX Cidade Curiosa) melhor sub14, Guilherme Hares (ADCCA) e Clara Martins (AX Cidade Curiosa) melhores sub12, Francisco Quintela (ADCCA) melhor sub10 e Gonçalo Tristão e Inês Correia (ambos da ADC Perre) melhores sub8.

Na prova de semi-rápidas, realizadas na tarde do domingo, José Monteiro bateu a concorrência e assegurou o título distrital, seguiram se-lhe no pódio Colya Englisch (2º) e Carlos Novais (3º). Entre os 19 atletas vianenses, o jovem Eric Belo foi o melhor classificado, ao ocupar a 7ª posição da geral absoluta, mas deixando escapar uma presença no pódio por apenas ½ ponto.

Entre os mais novos, destacaram-se Colya Englisch e Filipa Osório como melhores sub20, David Figueiredo (AX Cidade Curiosa) melhor sub18, Pedro Parente (ADC Perre) melhor sub16, Jesus Tinoco melhor sub14, Guilherme Hares e Anthonella Osorio (ADC Perre) melhores sub12, Francisco Quintela melhor sub10 e, finalmente, Gonçalo Tristão e Inês Correia melhores sub8.

A AXDB aproveitou ainda o evento para distinguir a Associação Desportiva e Cultural de Perre com o Prémio Fair Play 2021/22 em reconhecimento do trabalho realizado na promoção dos valores éticos por via da prática desportiva.

O episódio que justificou o reconhecimento da AXDB ocorreu a 5 de fevereiro do corrente ano aquando da realização do encontro entre a equipa B da ADC Perre e a equipa D da Academia de Xadrez Cidade Curiosa, a contar para a segunda ronda do campeonato distrital por equipas da AXDB. Durante a viagem para Perre, a equipa bracarense informou a ADC Perre que, por razões alheias à sua vontade, teria de voltar a Braga, o que a impossibilitaria de se apresentar ao encontro dada a proximidade da hora do início do mesmo. A ADC Perre e os atletas convocados para o encontro, Paulo Costa Pereira, Rodrigo Peres, Ivan Martins e Leandro Costa Pereira, que poderiam ter reclamado a vitória em todos os tabuleiros, manifestaram total solidariedade com a equipa visitante, informando-a da sua disponibilidade para que o encontro se realizasse qualquer que fosse a hora de chegada dos adversários, decisão possibilitou a realização do encontro que os visitantes acabariam por vencer, justamente, por 1 ½- 2 ½.

Para a AXDB, no entanto, os grandes vencedores do encontro foram o fair play e os valores éticos desportivos, materializados nas condutas da ADC Perre e dos seus atletas, o que constituiu o fundamento para a distinção atribuída.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 21 Maio, 2024

Governo pede urgência em inquérito à morte de doente no hospital de Viana do Castelo

O Ministério da Saúde pediu que o inquérito aberto pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho para apurar as circunstâncias da morte de um doente no hospital de Viana do Castelo “decorra com a urgência desejável”.

Regional 21 Maio, 2024

Três hectares de baldios em Arcos de Valdevez reflorestados com 1.350 laranjeiras

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e Ermelo, em Arcos de Valdevez, plantaram hoje mais de 1.350 laranjeiras em três hectares de terrenos atravessados por linhas de transporte e energia.

Regional 21 Maio, 2024

Foco de surto de ‘legionella’ em Caminha que causou um morto ficou por identificar

O surto de ‘legionella’ que surgiu em novembro em Caminha afetou 10 pessoas, provocou um óbito e a fonte de contaminação não foi identificada, revelou hoje à Lusa o delegado de Saúde do Alto Minho.

Regional 21 Maio, 2024

Hospital de Viana do Castelo abre inquérito à morte de doente na urgência

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho abriu um processo de inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um homem na urgência do hospital de Viana do Castelo, na sexta-feira, a quem foi atribuída a pulseira verde.

Regional 21 Maio, 2024

CIM Alto Minho formaliza assinatura do Compromisso C-Academy com CNCS

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) acabam de formalizar a assinatura do Compromisso C-Academy, que comtempla o desenvolvimento de um programa de formação avançada em cibersegurança destinado a colaboradores das câmaras municipais e da comunidade intermunicipal.

Regional 21 Maio, 2024

Caminha: Presidente da APIMIL explicou perigos da proliferação da Vespa Asiática e métodos de combate

A vespa velutina ou asiática veio para ficar e as alterações climáticas vão alargar as áreas onde a espécie está presente. São perigosas, têm enorme impacto nos apiários, na economia, no ambiente e até na saúde pública, mas a boa notícia é que são controláveis e com relativa facilidade, através de “armadilhas” que todos temos em casa. A ideia poderia de alguma forma sintetizar a comunicação do presidente da APIMIL - Associação dos Apicultores de Entre-Minho e Lima, Alberto Dias, ontem, na sessão que assinalou o Dia Mundial da Abelha e que teve lugar na Incubadora Verde, em Argela.

Cultura 21 Maio, 2024

“Cantar de Galo” sobe ao palco do centro cultural de Paredes de Coura 

Esta sexta-feira, dia 24 de maio, a companhia Mala Voadora traz a Paredes de Coura a sua recente estreia "Cantar de Galo", que culmina numa discussão entre o Galo de Barcelos e Salazar. Um "solo" de Jorge Andrade com texto do Pulitzer Robert Schenkkan, no Centro Cultural, às 21h30.