Logo
Opinião

OPINIÃO: Novos caminhos

24 Julho, 2023 | 9:19
Partilhar
Eduardo Teixeira
2 min. leitura

Ainda longe do fim das crises vividas, e em plena crise inflacionária e de taxa de juros, a margem do Poder Local para apoiar a recuperação da economia e as famílias é bem maior do que se imagina. O investimento publico nas autarquias deve estar de braço dado com o crescimento económico local e o apoio as famílias, e preparar cada município para o futuro. 

Apesar dos Orçamentos municipais e a cobrança de impostos locais baterem records ano após ano, tem emergido a falta de capacidade para com efetividade se conseguir apoiar a economia e o emprego, combater a degradação dos serviços públicos e o despesismo, bem como se torna evidente a ausência de investimento nos nossos eixos estratégicos de desenvolvimento como o turismo, o mar, a agricultura e a floresta. 

Cabe ao Estado e a muitos dos nossos municípios, a responsabilidade de planear a curto, médio e longo prazo o destino do território, de cada uma das nossas regiões e de cada um dos nossos concelhos, sem descurar a ação social dos mais desfavorecidos, o apoio aos pequenos empresários e aos que estão a entrar nesta nova realidade de desemprego nacional.

Porque a realidade assim o exige: só nos últimos seis meses, a perda de salario real é evidente, a precaridade e o emprego qualificado, faz nos caminhar para a perda de população. Na época do calendário em que vivemos – o verão – é inequívoco que a aposta imediata deveria ser no turismo, setor que poderá alavancar financeiramente a economia local. Importaria, pois, investir em alguns projetos e nichos tais como: 

Turismo religioso: promover o número de edifícios religiosos, a arte sacra e os caminhos, que apresentam um valor patrimonial e uma curiosidade turística que poderão ser catapultados muito mais para a esfera turística nacional. De realçar, os Caminhos de Santiago, os Passadiços do Norte Litoral, etc; 

Turismo gastronómico: apostar numa estratégia que apoie a nossa restauração, potenciando e divulgando a diversidade e a especialidade de cada uma das nossas regiões e concelhos, ligados à carne ao peixe à doçaria tradicional e ao setor vinícola;

Praias fluviais: Portugal tem vários rios que o banham, passando por lagos e lagoas, paisagens únicas e diferenciadoras, onde também merecem destaque os passadiços e as infraestruturas de apoio que, ao longo dos últimos anos, foram criadas e a aprazibilidade desses espaços são tão incomuns que merecem ser explorados em todas as suas potencialidades. Para além da valorização que poderiam trazer a muitas das freguesias de Portugal, seria sem dúvida, uma alternativa às nortadas das nossas praias; 

Turismo local: promover o alojamento de natureza, não só como uma alternativa ao alojamento das grandes cidades, mas como forma de atrair turismo ao Portugal real e a todo o território nacional, ao nível das nossas aldeias. 

Turismo de montanha e parques naturais, agroturismo, turismo de saúde são outros exemplos que podemos e devemos explorar no sentido de diversificar a oferta e estimular a procura turística, contribuindo para a retoma económica e recuperação dos milhares de postos de trabalhos que se perderam nos últimos meses. 

Sabemos todos que o turismo, em todas as suas dimensões, é uma atividade essencial para o desenvolvimento socioeconómico de Portugal. Sem ele, não teríamos recuperado da última crise económica e é certo que sem ele não recuperaremos desta. Trabalhemos, pois, para que não seja uma nova oportunidade perdida.  

Eduardo Teixeira, Vereador da Camara Municipal de Viana do Castelo e Líder de Agrupamento, Dirigente Nacional dos Autarcas Social Democratas

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 15 Abril, 2024

Município de Ponte de Lima reforça frota de veículos

O Município de Ponte de Lima reforçou a frota de veículos com a aquisição de uma mini-pá carregadora e uma retroescavadora colocadas ao serviço da Divisão de Serviços Urbanos.

Regional 15 Abril, 2024

Alunas do Politécnico de Viana do Castelo conquistam o pódio no Encontro Internacional de Jovens Empreendedores

O Encontro decorreu, na sexta-feira, na Universidade de Santiago de Compostela, tendo sido apresentados perto de 40 projetos desenvolvidos por estudantes de uma dezena de instituições de ensino superior de Portugal e Espanha. As duas estudantes da Escola Superior de Ciências Empresariais do Politécnico de Viana do Castelo destacaram-se ao vencer o prémio de Melhor Projeto Português – Categoria Projetos e o Prémio Especial Impacto Social.

Cultura 15 Abril, 2024

Valença: Segundo circuito de arte pública celebra a Revolução dos Cravos

O Município de Valença já está a receber o segundo circuito de arte pública. Esta edição é dedicada à “Liberdade e Participação – 50 Anos do 25 de Abril" e os trabalhos de execução das instalações artísticas prolongam-se até 19 de abril, em três pontos da cidade.

Cultura 15 Abril, 2024

Venda de livros cresceu de janeiro a março com preços a subir face a mesmo período de 2023

Perto de três milhões de livros foram vendidos em Portugal nos primeiros três meses deste ano, o que traduz um aumento de 5,8% face ao mesmo período de 2023, apesar do aumento médio de preços de 1,8%.

Regional 15 Abril, 2024

Ponte da Barca: Maior Bolo de Mel de Portugal atingiu um novo recorde

O Maior Bolo de Mel de Portugal regressou, este domingo, a Ponte da Barca com 216 metros, tendo alcançado um novo recorde. 

Desporto 15 Abril, 2024

Francisco Campos vence Clássica de Viana e Fábio Costa a Taça de Portugal

O português Francisco Campos (AP Hotels&Resorts-Tavira-Farense) venceu, este domingo, ao sprint a Clássica de Viana em bicicleta, que coroou o compatriota Fábio Costa (ABTF-Feirense) como vencedor da Taça de Portugal.

Regional 15 Abril, 2024

Município de Valença promove ação de fogo controlado em Cerdal

A Câmara Municipal de Valença promoveu uma ação de fogo controlado, nos terrenos baldios de Gondim, em Cerdal, na passada quinta-feira, 11 de abril.