Logo
Opinião

OPINIÃO: Novos caminhos

24 Julho, 2023 | 9:19
Partilhar
Eduardo Teixeira
2 min. leitura

Ainda longe do fim das crises vividas, e em plena crise inflacionária e de taxa de juros, a margem do Poder Local para apoiar a recuperação da economia e as famílias é bem maior do que se imagina. O investimento publico nas autarquias deve estar de braço dado com o crescimento económico local e o apoio as famílias, e preparar cada município para o futuro. 

Apesar dos Orçamentos municipais e a cobrança de impostos locais baterem records ano após ano, tem emergido a falta de capacidade para com efetividade se conseguir apoiar a economia e o emprego, combater a degradação dos serviços públicos e o despesismo, bem como se torna evidente a ausência de investimento nos nossos eixos estratégicos de desenvolvimento como o turismo, o mar, a agricultura e a floresta. 

Cabe ao Estado e a muitos dos nossos municípios, a responsabilidade de planear a curto, médio e longo prazo o destino do território, de cada uma das nossas regiões e de cada um dos nossos concelhos, sem descurar a ação social dos mais desfavorecidos, o apoio aos pequenos empresários e aos que estão a entrar nesta nova realidade de desemprego nacional.

Porque a realidade assim o exige: só nos últimos seis meses, a perda de salario real é evidente, a precaridade e o emprego qualificado, faz nos caminhar para a perda de população. Na época do calendário em que vivemos – o verão – é inequívoco que a aposta imediata deveria ser no turismo, setor que poderá alavancar financeiramente a economia local. Importaria, pois, investir em alguns projetos e nichos tais como: 

Turismo religioso: promover o número de edifícios religiosos, a arte sacra e os caminhos, que apresentam um valor patrimonial e uma curiosidade turística que poderão ser catapultados muito mais para a esfera turística nacional. De realçar, os Caminhos de Santiago, os Passadiços do Norte Litoral, etc; 

Turismo gastronómico: apostar numa estratégia que apoie a nossa restauração, potenciando e divulgando a diversidade e a especialidade de cada uma das nossas regiões e concelhos, ligados à carne ao peixe à doçaria tradicional e ao setor vinícola;

Praias fluviais: Portugal tem vários rios que o banham, passando por lagos e lagoas, paisagens únicas e diferenciadoras, onde também merecem destaque os passadiços e as infraestruturas de apoio que, ao longo dos últimos anos, foram criadas e a aprazibilidade desses espaços são tão incomuns que merecem ser explorados em todas as suas potencialidades. Para além da valorização que poderiam trazer a muitas das freguesias de Portugal, seria sem dúvida, uma alternativa às nortadas das nossas praias; 

Turismo local: promover o alojamento de natureza, não só como uma alternativa ao alojamento das grandes cidades, mas como forma de atrair turismo ao Portugal real e a todo o território nacional, ao nível das nossas aldeias. 

Turismo de montanha e parques naturais, agroturismo, turismo de saúde são outros exemplos que podemos e devemos explorar no sentido de diversificar a oferta e estimular a procura turística, contribuindo para a retoma económica e recuperação dos milhares de postos de trabalhos que se perderam nos últimos meses. 

Sabemos todos que o turismo, em todas as suas dimensões, é uma atividade essencial para o desenvolvimento socioeconómico de Portugal. Sem ele, não teríamos recuperado da última crise económica e é certo que sem ele não recuperaremos desta. Trabalhemos, pois, para que não seja uma nova oportunidade perdida.  

Eduardo Teixeira, Vereador da Camara Municipal de Viana do Castelo e Líder de Agrupamento, Dirigente Nacional dos Autarcas Social Democratas

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 15 Julho, 2024

SC Vianense tem sete jogos de pré época marcados

O SC Vianense já iniciou os trabalhos para a temporada 2024/25. Com o objetivo de voltar a subir à Liga 3, a equipa orientada por Pedro Lomba já começou a treinar e já tem definidos os jogos de pré temporada. A 20 de julho realiza o primeiro teste na Póvoa de Varzim frente à equipa local, depois, todos os outros jogos vão realizar-se no Estádio Dr. José de Matos em Viana do Castelo.

Regional 15 Julho, 2024

Politécnico de Viana do Castelo passa de 594 camas para 1.180 no próximo ano letivo

É esta a promessa lançada pelo Politécnico de Viana do Castelo para o próximo ano letivo. Assim em 2024/25, o IPVC terá ao dispor dos seus estudantes 1.180 camas, duplicando praticamente o alojamento disponível.

Regional 15 Julho, 2024

Arrancaram hoje as matrículas dos alunos do 10.º e 12.º anos

As matrículas dos alunos que no próximo ano letivo vão para o 10.º e 12.º ano arrancam hoje e terminam no final da semana, ficando concluído o processo de inscrições no ensino obrigatório que este ano teve inúmeros problemas.

Desporto 15 Julho, 2024

Espanha é a primeira seleção a chegar ao ‘tetra’

A Espanha tornou-se a primeira seleção a chegar aos quatro títulos de campeã da Europa de futebol, ao bater (2-1) a Inglaterra, que continua em 'branco', na final da 17.ª edição, no Estádio Olímpico de Berlim.

Nacional 15 Julho, 2024

Nove mortos em acidentes nas estradas no fim de semana

Nove pessoas morreram e 14 ficaram feridas com gravidade em acidentes rodoviários no sábado e no domingo, segundo dados provisórios da sinistralidade disponíveis na página da internet da Guarda Nacional Republicana (GNR).

Desporto 15 Julho, 2024

Irmãos Maciel com triplo ouro no Campeonato Nacional de Velocidade

Realizou-se este fim-de-semana, no Centro de Alto Rendimento de Montemor-O-Velho, o “Campeonato Nacional de Velocidade”, considerada a prova rainha da Canoagem. Sérgio Maciel e Tiago Maciel, do Viana Garças Clube, conquistaram o ouro na distância Olímpica de 1000 m, em C1 Sénior e C1 Júnior respetivamente.

Regional 15 Julho, 2024

“Funkids” proporcionou duas semanas de férias a 300 jovens valencianos

Funkids proporcionou duas semanas de férias a 300 jovens valencianos, entre 1 e 12 de julho. O ATL – Atividades de Tempos Livres de Verão, proporcionou um amplo leque de atividades como idas à praia, atividades desportivas, cinema e muita diversão no Valença Aqua Parque.