Logo
Nacional

Negociações entre o Governo e os professores terminam hoje

21 Maio, 2024 | 10:48
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

O Ministério da Educação, Ciência e Inovação (MECI) recebe hoje as organizações sindicais para a última reunião negocial com vista à definição dos termos para a recuperação do tempo de serviço dos professores.

As reuniões iniciam-se às 11:00 com a Federação Nacional da Educação (FNE) e prosseguem durante a tarde, a partir das 14:30 com a FENEI, SIPE, FEPECI, SPLIU e SNPL, seguindo-se a ASPL, SIPPEB, SEPLEU, Pró-Ordem e Stop às 16:00 e a Federação Nacional dos Professores (Fenprof) a partir das 17:30.

Menos de um mês após a primeira reunião, o processo negocial deverá ficar concluído hoje, depois de a tutela e sindicatos terem apresentado várias propostas e contrapropostas.

A proposta mais recente do Governo, apresentada há uma semana, prevê devolver 50% dos seis anos, seis meses e 23 dias do tempo de serviço congelado durante a ‘Troika’ nos primeiros dois anos, mas mantém o prazo de cinco anos da proposta inicial.

A intenção é devolver 25% nos primeiros dois anos, de 20% em 2026 e de 15% em 2027 e 2028.

Por outro lado, o Ministério aproximou-se das reivindicações dos professores noutros aspetos, por exemplo quanto aos efeitos do “acelerador” aprovado pelo anterior executivo, que permitiu a recuperação do tempo em que os docentes ficaram à espera de vaga para poderem progredir para os 5.º e 7.º escalões.

O ministro Fernando Alexandre já vai para as reuniões de hoje a conhecer as novas contrapropostas dos sindicatos. As duas maiores estruturas – Fenprof e FNE – fazem algumas cedências, mas insistem nos prazos que defendem desde o início das negociações.

A Fenprof, por um lado, mantém a devolução do tempo de serviço a uma média anual de 33% ao longo de três anos, à data de 01 de julho.

Já a FNE, que começou por propor 30% em 2024, 30% em 2025, 20% em 2026 e os últimos 20% em 2027, aproximou-se da posição do Governo ao alterar a sua proposta para a contabilização anual de 25%, mas mantém o prazo de quatro anos.

Inicialmente apontada como uma linha vermelha, a revogação do diploma que implementou mecanismos para acelerar a progressão na carreira, o chamado “acelerador”, já é aceite pelos sindicatos, desde que o MECI mantenha os compromissos assumidos na semana passada.

Querem, em concreto, a garantia de vaga para efeitos de progressão aos 5.º e 7.º escalões durante o período de recuperação, bem como a garantia de que o tempo recuperado no âmbito do decreto-lei não será subtraído aos seis anos, seis meses e 23 dias.

Apesar de alguma aproximação, Ministério e federações sindicais mantêm-se em desacordo quanto a um ponto: a tutela quer que a recuperação do tempo de serviço sirva apenas para efeitos de progressão na carreira, enquanto os sindicatos pedem mecanismos de compensação para os docentes que já estão no topo da carreira ou que se vão reformar entretanto.

Além do ministro, vão participar na reunião o secretário de Estado Adjunto e da Educação, Alexandre Homem Cristo, o secretário de Estado da Administração e Inovação Educativa, Pedro Dantas da Cunha, e a secretária de Estado da Administração Pública, Marisa Garrido.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 12 Junho, 2024

Juventude Viana oficializa André Torres como treinador na 1ª divisão

A Juventude Viana oficializou a renovação de André Torres como treinador para a próxima época. O clube de hóquei em patins de Viana do Castelo recorda que Torres "foi o timoneiro na subida à 1ª divisão nacional".

Nacional 12 Junho, 2024

Aprovada na especialidade proposta do PS que elimina portagens nas ex-SCUT

Os deputados da Comissão de Economia, Obras Públicas e Habitação aprovaram hoje o projeto dos socialistas que elimina as portagens nas ex-SCUT, durante a votação na especialidade.

Regional 12 Junho, 2024

Câmara de Viana do Castelo esclarece diferendo com o grupo AVIC

Após o grupo Avic anunciar a suspensão, a partir de quinta-feira, de serviços de transporte público urbano e interurbano e em horários em várias carreiras, acusando a Câmara de Viana do Castelo de “impor prejuízos permanentes às empresas”, a autarquia liderada por Luís Nobre não se deixou ficar e respondeu de imediato com um longo comunicado.

Desporto 12 Junho, 2024

Oitava etapa da Volta a Portugal em bicicleta parte de Viana do Castelo a 2 de agosto

A 85.ª edição, cujo percurso foi hoje apresentado, arranca com um prólogo em Águeda, em 24 de julho, e percorre um total de 1.540,1 quilómetros até Viseu, onde, em 04 de agosto, será coroado o sucessor de Colin Stüssi (Vorarlberg) após um contrarrelógio individual. De Viana do Castelo partem os ciclistas para a oitava etapa com destino a Fafe.

Regional 12 Junho, 2024

“Respira a Vida”: O diário de uma aventura superada com orgulho

A Viana TV esteve a acompanhar o "Respira a Vida" do inicio ao fim. Marcamos presença em todas as etapas. "Orgulho", "resiliência", "solidariedade" são alguns dos adjetivos utilizados na receção dos 13 companheiros de aventura nas diversas autarquias. O grupo partiu Santa Marta de Portuzelo rumo a Lisboa a pedalar, num total de quatro etapas totalizando mais de 400 quilómetros.

Regional 12 Junho, 2024

Centros de Saúde de Ponte de Lima e Freixo vão ser requalificados

O Município de Ponte de Lima deu mais um passo significativo na melhoria dos cuidados de saúde prestados à população local com a assinatura dos contratos de Financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no valor superior a 1.5 milhões de euros. O investimento aprovado vai ser realizado até dezembro de 2025. 

Regional 12 Junho, 2024

“Vinhos do Atlântico – Exposição do Noroeste” junta gastronomia, música e vinhos em Valença

O Município de Valença acolhe, este fim de semana, 14 e 15 de junho, a exposição transfronteiriça "Vinhos do Atlântico – Exposição do Noroeste", na Coroada (Fortaleza).