Logo
Regional

Melgaço avança em junho com pedido de classificação do ‘castrejo’

3 Maio, 2024 | 16:11
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

O pedido de inscrição como Património Cultural Imaterial (PCI) do ‘castrejo’, língua utilizada pelos habitantes de Castro Laboreiro, em Melgaço, distrito de Viana do Castelo, vai ser formalizado em junho por iniciativa da câmara local.

Em declarações hoje à agência Lusa, o antropólogo Álvaro Campelo explicou que, nos últimos três anos, foi realizado um “trabalho de campo, com entrevistas e filmagens, que mostrou da ainda relativa pujança do ‘castrejo’ entre alguns dos habitantes de Castro Laboreiro, a maior freguesia do concelho de Melgaço e integrada no Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG).

“O facto de este dialeto/fala estar em claro risco de desaparecimento, por ser quase só falado por pessoas de idade, obriga à sua classificação e aprofundamento do seu estudo”, defendeu o investigador e professor universitário, responsável pelo processo de candidatura.

Segundo Álvaro Campelo, a candidatura está concluída, aguardando apenas a formalização do pedido de inscrição do ‘castrejo’ no inventário nacional de PCI.

No documento, a que a Lusa teve acesso, o investigador sublinha que “a Câmara de Melgaço, consciente do riquíssimo PCI do concelho, tem desenvolvido várias atividades de estudo, investigação e promoção deste património”.

“O espaço territorial de montanha do concelho de Melgaço legou um rico património oral, não só nas cantigas e lendas, mas na prevalência de uma forma arcaica da língua, aqui chamada de ‘castrejo’ ou ‘Fala dos castrejos’, que faz parte do legado linguístico de um momento da história comum do território atual de Portugal e Galiza [em Espanha]”, lê-se no resumo da candidatura.

Esse “património linguístico comum contribuiu para dar origem ao português padrão atual, uma língua que muitos filiam no galaico-português, mas que evoluiu, como língua de comunicação, de cultura e literária, com o avançar da ocupação dos territórios do centro e sul de Portugal e com o contacto com povos e culturas de outros continentes”.

Álvaro Campelo explicou que a classificação pretende “preservar um legado cultural, mas também, através da sua inventariação, estar a dar a conhecer à comunidade nacional e internacional um dos seus patrimónios culturais imateriais, no campo da cultura oral e da linguística, que muitos dos seus habitantes ainda hoje utilizam para comunicarem”.

“Inventariar e dar a conhecer este PCI é respeitar o legado de gerações de castrejos, de histórias e estórias vividas e transmitidas, algumas delas em risco de desaparecimento e outras já desaparecidas”, acrescentou.

Segundo o investigador, o município de Melgaço “tem consciência dos riscos de perda irremediável deste património linguístico, por razões muito diversas”.

“A urgência em dar a conhecer o ‘castrejo’, ainda hoje utilizado na comunicação entre os habitantes de Castro Laboreiro, é uma obrigação a que não se furta”, realçou.

“Não sendo uma língua classificada, como o português e o mirandês, é ainda hoje utilizado na comunicação entre as gentes de Castro Laboreiro”, mas também noutros concelhos, como Monção, pela proximidade à Galiza.

Segundo o trabalho realizado por Álvaro Campelo, “a prevalência histórica desta tradição oral revela a mundivisão e a cultura tradicional desta comunidade, fundamental para se entender como ela se construiu ao longo de séculos”.

“Comunidade situada na raia fronteiriça, com a preservação do ‘castrejo’ encontramos uma das manifestações culturais que nasceu e sobreviveu em profunda relação com essa condição”, é outra das razões que sustentam a classificação.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 12 Junho, 2024

Juventude Viana oficializa André Torres como treinador na 1ª divisão

A Juventude Viana oficializou a renovação de André Torres como treinador para a próxima época. O clube de hóquei em patins de Viana do Castelo recorda que Torres "foi o timoneiro na subida à 1ª divisão nacional".

Nacional 12 Junho, 2024

Aprovada na especialidade proposta do PS que elimina portagens nas ex-SCUT

Os deputados da Comissão de Economia, Obras Públicas e Habitação aprovaram hoje o projeto dos socialistas que elimina as portagens nas ex-SCUT, durante a votação na especialidade.

Regional 12 Junho, 2024

Câmara de Viana do Castelo esclarece diferendo com o grupo AVIC

Após o grupo Avic anunciar a suspensão, a partir de quinta-feira, de serviços de transporte público urbano e interurbano e em horários em várias carreiras, acusando a Câmara de Viana do Castelo de “impor prejuízos permanentes às empresas”, a autarquia liderada por Luís Nobre não se deixou ficar e respondeu de imediato com um longo comunicado.

Desporto 12 Junho, 2024

Oitava etapa da Volta a Portugal em bicicleta parte de Viana do Castelo a 2 de agosto

A 85.ª edição, cujo percurso foi hoje apresentado, arranca com um prólogo em Águeda, em 24 de julho, e percorre um total de 1.540,1 quilómetros até Viseu, onde, em 04 de agosto, será coroado o sucessor de Colin Stüssi (Vorarlberg) após um contrarrelógio individual. De Viana do Castelo partem os ciclistas para a oitava etapa com destino a Fafe.

Regional 12 Junho, 2024

“Respira a Vida”: O diário de uma aventura superada com orgulho

A Viana TV esteve a acompanhar o "Respira a Vida" do inicio ao fim. Marcamos presença em todas as etapas. "Orgulho", "resiliência", "solidariedade" são alguns dos adjetivos utilizados na receção dos 13 companheiros de aventura nas diversas autarquias. O grupo partiu Santa Marta de Portuzelo rumo a Lisboa a pedalar, num total de quatro etapas totalizando mais de 400 quilómetros.

Regional 12 Junho, 2024

Centros de Saúde de Ponte de Lima e Freixo vão ser requalificados

O Município de Ponte de Lima deu mais um passo significativo na melhoria dos cuidados de saúde prestados à população local com a assinatura dos contratos de Financiamento do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), no valor superior a 1.5 milhões de euros. O investimento aprovado vai ser realizado até dezembro de 2025. 

Regional 12 Junho, 2024

“Vinhos do Atlântico – Exposição do Noroeste” junta gastronomia, música e vinhos em Valença

O Município de Valença acolhe, este fim de semana, 14 e 15 de junho, a exposição transfronteiriça "Vinhos do Atlântico – Exposição do Noroeste", na Coroada (Fortaleza).