Logo
Regional

Lucros da Martifer caíram 7% no primeiro semestre

22 Agosto, 2023 | 10:41
Partilhar
Eduarda Alves
1 min. leitura

Os lucros atribuíveis ao grupo Martifer desceram 7% no primeiro semestre, atingindo os 9,1 milhões de euros, de acordo com o relatório e contas da empresa, publicado pela Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

No documento, a Martifer revelou que registou, entre janeiro e junho, rendimentos operacionais de 105,4 milhões de euros, um aumento de 2% em termos homólogos, “sendo 67% respeitantes ao segmento da Construção Metálica, 25% ao segmento da Indústria Naval e 9% ao segmento da Renewables”, detalhou a empresa.

Segundo o grupo, “Portugal representa 31% do total das vendas e prestações de serviços e o mercado internacional 69%”.

O EBITDA (resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações) da empresa foi de 13,4 milhões de euros, recuando 8% em relação ao mesmo período de 2022.

Por outro lado, “durante o primeiro semestre de 2023, manteve-se a tendência decrescente da dívida líquida do grupo, que se tem vindo a observar nos últimos anos e que reflete as premissas definidas no Plano Estratégico do grupo Martifer”.

Assim, em 30 de junho, a dívida líquida consolidada “ascendia a 34 milhões de euros, refletindo uma redução de 7 milhões de euros face a 31 de dezembro de 2022”, uma descida que “resulta do cumprimento do serviço da dívida bancária do grupo”, e conta também com “o contributo resultante do cumprimento do plano de alienação de ativos não core do grupo Martifer, nomeadamente através da alienação de equipamentos eólicos, com o produto da venda a ser alocado ao reembolso de dívida bancária”.

A carteira de encomendas da Martifer, nos setores da construção metálica e indústria naval era de 431 milhões de euros no final do semestre.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 24 Fevereiro, 2024

Vianense recebe Sanjoanense na luta pela manutenção na Liga 3

A Liga 3 prossegue este fim-de-semana com a realização da 3.ª jornada da Fase de Apuramento de Campeão, bem como da segunda da Fase de Manutenção e Descida.

Regional 24 Fevereiro, 2024

Vila Nova de Cerveira abre novo Centro de Apoio à Integração de Migrantes

A Câmara de Vila Nova de Cerveira abriu no centro de Transportes um novo Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), que aumentaram nas “freguesias mais próximas da sede do concelho”.

Nacional 24 Fevereiro, 2024

Conselho Nacional da CGTP eleito com 98% dos votos

O Conselho Nacional da CGTP, composto por 147 dirigentes, foi eleito com 98% dos votos, no XV congresso da central sindical, que se realiza na Torre da Marinha, Seixal.

Desporto 24 Fevereiro, 2024

Liga Europa: Sporting reencontra Atalanta, Benfica defronta Rangers

O Sporting reencontra os italianos da Atalanta, que já defrontou na fase de grupos, nos oitavos de final da Liga Europa, e o Benfica defronta o Rangers, assim ditou o sorteio realizado em Nyon, na Suíça.

Música 23 Fevereiro, 2024

Escola do Rock de Paredes de Coura arranca celebração dos 10 anos em Castelo de Paiva

A Escola do Rock de Paredes de Coura promove, este fim de semana, nos dias 24 e 25 de fevereiro,  em Castelo de Paiva, no distrito de Aveiro, uma residência de intercâmbio entre alunos daquela residência intensiva e da academia de música local.

Regional 23 Fevereiro, 2024

Valença reuniu com a GNR local e de Viana para analisar a segurança do concelho

O Município de Valença convocou os destacamentos territoriais de Valença e Viana do Castelo da Guarda Nacional Republicana (GNR) para uma reunião de análise da situação atual da segurança do concelho.

Regional 23 Fevereiro, 2024

Pouca lampreia no Alto Minho vendida a cerca de 100 euros

A Associação Profissional de Pescas do Rio Minho e Mar afirmou hoje que “está a ser um ano complicado” para a pesca da lampreia, que é pouca, sendo vendida, face à elevada procura, entre os 70 a 100 euros.