Logo
Nacional

Instituto do Cinema diz que apoios de 2024 são para festivais “de menor dimensão”

21 Fevereiro, 2024 | 14:27
Partilhar
Viana TV
1 min. leitura

O Instituto do Cinema e Audiovisual (ICA) rejeitou hoje que haja uma redução de financiamento à realização de festivais de cinema em Portugal e explicou à Lusa que os concursos deste ano são para “eventos de menor dimensão”.

Os concursos do ICA de apoio financeiro ao cinema e audiovisual abriram na terça-feira e num dos programas de financiamento, plurianual, de apoio à exibição em festivais e circuitos alternativos, estão alocados 500.000 euros.

Em 2023, este programa apresentava uma dotação de 3,14 milhões de euros, dos quais 2,7 milhões de euros eram para apoio a festivais de cinema (a três anos) e 440.000 euros para a exibição em circuitos alternativos (a dois anos).

Perante estes valores, em explicação enviada à agência Lusa, fonte oficial do ICA referiu que em 2024 este programa de financiamento é considerado “um novo apoio à realização de festivais em território nacional”, com 500.000 euros.

Segundo o ICA, este apoio tem a duração de dois anos, “para acompanhar eventos de menor dimensão em relação aos festivais apoiados através do concurso de 2023, mas de grande importância nas regiões onde se inserem”.

Em 2023, neste programa de apoio à exibição em festivais e circuitos alternativos, ao subprograma dedicado a festivais – com 2,7 milhões de euros a repartir por três anos – foram admitidas 20 candidaturas, tendo sido apoiados 15 eventos de cinema.

De acordo com informação disponível ‘online’ na página do ICA, dos 15 festivais que vão receber apoio financeiro, a maioria pertence às áreas metropolitanas de Lisboa e do Porto. De fora dos apoios ficaram os festivais de curtas-metragens de Tomar (Santarém) e de Évora, o Curta Açores (São Miguel), os Encontros de Cinema de Viana (Viana do Castelo) e a Festa do Cinema Italiano, que acontece em várias localidades do país.

O subprograma de 2023 dedicado à exibição de cinema em circuitos alternativos, como cineclubes, está ainda em análise.

Em 2024, o orçamento total dos concursos de apoio financeiro do ICA é de 29,6 milhões de euros, de igual valor ao de 2023.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Internacional 21 Julho, 2024

Politécnico de Viana do Castelo com avaliação máxima

O Politécnico de Viana do Castelo acaba de receber a acreditação máxima por parte da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), válida por um período de seis anos, o máximo legalmente possível, e sem restrições.

Desporto 21 Julho, 2024

Jovem limiano reforça equipa masculina de sub-19 do Sporting

Limiano Rodrigo Quintiães, de 17 anos, é o novo reforço da equipa de Sub-19 do Sporting Clube de Portugal.

Cultura 21 Julho, 2024

Feira do Livro de Ponte de Lima termina hoje

A XVIII Feira do Livro de Ponte de Lima, a decorrer na Expolima, termina hoje.

Música 20 Julho, 2024

Banda vianense estreia-se na Casa da Música

A banda Coisa Mansa, com músicos de Viana do Castelo, vai estar no Porto, na Casa da Música, no evento "Verão da Casa", iniciativa que, até setembro, dá palco a dezenas de propostas musicais em diferentes formatos.

Desporto 20 Julho, 2024

Ponte de Lima homenageia Fernando Pimenta e Hélio Lucas com mural de Arte Urbana

O Município de Ponte de Lima promoveu a execução de um mural de Arte Urbana em homenagem a Fernando Pimenta e Hélio Lucas, num dos pilares da Ponte Nossa Senhora da Guia.

Nacional 20 Julho, 2024

Tribunal decreta serviços mínimos para greve na CP dias 22 e 24 de julho

O Tribunal Arbitral decretou serviços mínimos de 20% para a greve na CP - Comboios de Portugal, convocada por vários sindicatos, entre as 00h00 e as 24h00 dos dias 22 e 24 de julho.

Regional 20 Julho, 2024

Mulher de 30 anos residente em Mazarefes foi detida pela PSP por suspeitas dos crimes de burla

Uma mulher de 30 anos, desempregada, residente na freguesia de Mazarefes, em Viana do Castelo, foi detida pela PSP, na sexta-feira, por suspeitas dos crimes de burla, furto, abuso de confiança, abuso de cartão de garantia ou dados de pagamento e falsidade informática.