Logo
Regional

Viana do Castelo lança Planos Municipais de Eficiência Energética e de Poupança de Água

13 Setembro, 2022 | 15:56
Partilhar
Eduarda Alves
5 min. leitura

A Câmara Municipal de Viana do Castelo já tem um Plano Municipal de Eficiência Energética e um Plano Municipal de Poupança de Água como instrumentos de ação e de trabalho que visam dar resposta a dois dos maiores desafios da atualidade.

O Presidente da Câmara, Luís Nobre, afirmou, em conferência de imprensa de apresentação dos planos, que o Município deverá poupar, nos próximos 12 meses, 1 milhão de euros, com as 23 medidas. 

Nos planos, é referido que Viana do Castelo “tem mantido, ao longo dos últimos anos, uma política assente no respeito pela natureza e no desenvolvimento sustentável do concelho”. Por isso, medidas que visam a eficiência energética e a eficácia na gestão de recursos naturais como a água são já uma realidade nas políticas municipais que o executivo municipal pretende agora aprofundar, tendo em consideração a necessidade de mitigar efeitos provocados pela crise energética na Europa e pela seca extrema sentida no país.

Assim, no âmbito dos dois planos, destaque para o lançamento da campanha “Poupar hoje para garantir o amanhã”, sensibilizando para a poupança energética e para a poupança de água, envolvendo meios de comunicação social locais, juntas de freguesia e acompanhado de uma campanha de comunicação adaptada. 

A autarquia vai também implementar um Manual de Boas Práticas para a Poupança de Energia e outro Manual para a Poupança de Água, para utilizadores de edifícios e espaços municipais (escolas, serviços, etc.), assim como para os funcionários municipais para adaptação aos locais de trabalho de um plano interno de poupança energética e de poupança de água.

No que toca ao Plano Municipal de Eficiência Energética, serão promovidas ações de proximidade e sensibilização junto dos agentes económicos, apelando à poupança energética, em colaboração direta com a Associação Empresarial de Viana do Castelo. A autarquia irá proceder à Certificação Energética dos edifícios e implementação de um sistema de gestão central para aquecimento de espaços públicos, assim como de coletores solares onde é necessária água quente sanitária. 

Outras das medidas passa por Desligar a luz ornamental em todos os espaços públicos a partir das 01 horas e por desligar fontes públicas que recorram a energia elétrica. O município vai manter e diminuir nalguns espaços a iluminação pública em zonas urbanas durante a noite, desde que se mantenha a segurança.

A autarquia tem já diversas medidas implementadas com vista à eficiência energética, mas irá reforçar as mesmas. Recorde-se que, na iluminação pública, desde 2017 foram instalados reguladores de fluxo e lâmpadas led, permitindo substituir 17 mil dos 37 mil pontos de luz com programação, correspondendo a uma redução de consumo de 70 por cento. Foram também colocados nos espaços municipais coletores solares em piscinas, representando uma poupança de 60% com custos no aquecimento de água), águas residuais e painéis fotovoltaicos (piscinas, pavilhões e escolas).

Entre as medidas, encontram-se ainda a Consolidação e ampliação da substituição da frota municipal por veículos mais eficientes e instalação de um sistema de gestão de frota com GPS (para permitir poupança de 10%). Desde 2005 que Viana do Castelo tem efetuado um conjunto de adaptações neste âmbito. Existem dois autocarros elétricos que circulam pelo centro histórico; a recolha de resíduos sólidos e limpeza do espaço público é feita com viaturas elétricas. A frota está a ser substituída, sendo que conta já com 12 viaturas elétricas, mas também com 20 bicicletas elétricas, três não elétricas e cinco trotinetes elétricas para utilização dos colaboradores municipais.

Será também promovida a Instalação de sistema de sustentabilidade hídrica em 19 edifícios municipais para redução do consumo de energia na água quente utilizada (principalmente chuveiros) e avançar para uma segunda fase nos restantes edifícios municipais.

Já no Plano Municipal de Poupança de Água, destaque ainda para a Promoção de ações de proximidade e sensibilização e informação ambiental dirigidas a diversos públicos e faixas etárias para valorização da água como recurso essencial e sensibilizando para um consumo sustentável. Em causa estão alunos das escolas ou comerciantes, em colaboração direta com a Associação Empresarial de Viana do Castelo.

Outras medidas passam pela Monitorização das situações problemáticas, nomeadamente de falta de água em freguesias de montanha; Adoção de boas práticas e/ou redução dos consumos de água: garantir regas pontuais apenas em vasos e plantas com água de captação própria, que não da rede pública; instalação de sistemas de rega inteligente e programação para rega noturna: Viana do Castelo utiliza já água não tratada e proveniente de fontes como poços e furos em 90 por cento dos espaços verdes e tem vindo a implementar a plantação de espécies autóctones que não necessitam de rega artificial.

Redução da lavagem de ruas com recurso a água potável e fazê-lo apenas se necessário; Utilização de fontes alternativas de água e aproveitamento de furos e poços existentes, bem como águas pluviais para ações de proteção civil; Suspensão de 38 contratos/contadores de rega do sistema público numa primeira fase; Instalação de sistema de sustentabilidade hídrica em 19 edifícios municipais para redução do consumo de energia na água quente utilizada (principalmente chuveiros) e avançar para uma segunda fase nos restantes edifícios municipais são outras das medidas constantes neste plano.

Controlo e deteção, em parceria com a Águas do Alto Minho, de perdas e fugas da rede pública de água; Redução em 50% na frequência da lavagem dos veículos do município; Revisão/levantamento de todos os sistemas de rega as freguesias do concelho para redução dos tempos de rega e para substituição por captação própria integram igualmente este leque de medidas.

O autarca informou ainda que, neste âmbito, será promovida uma Redução de 50% de taxas urbanísticas em todas as operações de licenciamento de obras que garantam a construção de reservatórios de águas pluviais.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 14 Junho, 2024

APA defende interesse público de linha de Alta Tensão contestada por autarcas do Alto Minho

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) revelou que invocou em tribunal o interesse público para impedir o adiamento do licenciamento e avanço da linha de alta tensão Ponte de Lima-Fontefria (Galiza), contestada por autarcas do Alto Minho.

Desporto 13 Junho, 2024

Pinto da Costa esteve a ver o hóquei ao lado do mecânico da Juventude Viana

Pinto da Costa, ex-presidente do FC Porto, esteve no Dragão Arena a assistir ao confronto contra o Sporting, para as meias-finais do Campeonato Placard de hóquei em patins. O histórico presidente dos dragões esteve sentado ao lado do mecânico e técnico de equipamentos da Juventude Viana.

Regional 13 Junho, 2024

Homem de 47 anos colhido mortalmente por comboio em Barcelos

Um homem de 47 anos foi hoje colhido mortalmente por um comboio junto a um viaduto na freguesia de Carreira, Barcelos.

Regional 13 Junho, 2024

Viana do Castelo aprova mais de 513 mil euros para apoio à atividade desportiva regular

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, esta terça-feira, em reunião ordinária de executivo, duas propostas para apoio à atividade desportiva regular que ascendem a um valor global de 513.320 euros para os clubes e associações desportivas do concelho.

Nacional 13 Junho, 2024

Governo vai auditar conselhos de administração dos hospitais

O Governo vai criar uma comissão para auditar os conselhos de administração dos hospitais, anunciou a ministra da Saúde, que considerou esta medida importante para aumentar a eficiência do Serviço Nacional de Saúde.

Regional 13 Junho, 2024

“Rainha das Vindimas” de Ponte da Barca é eleita este domingo

É já no domingo, 16 de junho, às 21h30, no exterior da Casa da Cultura de Ponte da Barca, que se realiza mais uma edição da gala de eleição da "Rainha das Vindimas". Organizado pela Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV) este evento visa selecionar a representante do concelho, para a final do prestigiado concurso "Rainha das Vindimas de Portugal".

Regional 13 Junho, 2024

“Construir Portugal” vai permitir ao Município de Valença o investimento de 4 milhões de euros na Habitação

A Câmara Municipal de Valença assinou o protocolo "Construir Portugal, esta quarta-feira na sede da CCDR NORTE, no Porto."A Nova Estratégia para a Habitação", no valor de 3,8 milhões de euros visa o investimento nas habitações sociais.