Logo
Regional

Secretária de Estado das Pescas promete voltar a Vila Praia de Âncora para resolução do Portinho

6 Novembro, 2023 | 9:13
Partilhar
Eduarda Alves
4 min. leitura

A pequena pesca foi tema, este sábado, de um congresso, o segundo que se realiza em Portugal, e que teve lugar em Vila Praia de Âncora. Este congresso permitiu uma reflexão multifacetada, reunindo responsáveis dos vários setores ligados à pesca, com a promessa da Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, em voltar brevemente para fazer o ponto de situação sobre a solução para o Portinho.

Teresa Coelho congratulou-se com a sala cheia, no Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora, considerando um motivo de orgulho.

A responsável destacou Vila Praia de Âncora e Caminha enquanto zonas com comunidades piscatórias muito importantes no
país, visto ter excelentes produtos e condições, apesar dos  problemas “muito graves”, como é o caso do Porto de Vila Praia de Âncora.

“Estamos a receber contributos das diferentes entidades, estamos a analisá-los, mas ainda este mês ou pelo menos até ao final do ano voltaremos cá para discutir convosco e fazer o ponto de situação, para ver como vamos resolver esta situação do Porto”, prometeu.

Recorde-se que o Estudo de Reconfiguração do Portinho de Vila Praia de Âncora foi apresentado no passado dia 6 de julho, com a participação do Diretor Geral da Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos – DRGM, José Simão, e com a Secretária de Estado das Pescas.

Teresa Coelho parabenizou ainda os pescadores e os seus organismos, sublinhando de que Portugal é uma zona em rendimento máximo sustentável e é a primeira zona da Europa sem sobrepesca, caracterizando como uma pesca sustentável.

“Portugal tem tido um comportamento exemplar e isto deve-se a vocês, só acontece porque vocês fazem o vosso trabalho de forma exemplar” reforçou.

A governante sublinhou a importância da associação de saberes entre investigação e pesca, sendo um complemento enriquecedor, que favorece a pesca a todos os níveis.

Sérgio Faias, Presidente da Docapesca, também interveio no Congresso, tendo sublinhado que a pequena pesca é na realidade um tema maior, já que diz respeito a 80 por cento da pesca.

Também o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Rui Lages, na abertura deste congresso agradeceu a escolha de Vila Praia de Âncora para este Congresso. O autarca sublinhou que a economia local é alicerçada em boa parte na pequena pesca, sendo o sustento de muitas famílias e de muitas empresas. Uma situação favorecida pela situação do território de Caminha.

“Somos um concelho privilegiado em termos geográficos. Somos banhados pelo Oceano Atlântico, onde o primeiro pedaço de
terra lusitana encontra o mar. Temos um rio internacional, o rio Minho, e dois rios com uma importância comunitária gigantesca, falo-vos do rio Âncora e do rio Coura. Por isso mesmo estas gentes sempre tiveram uma relação umbilical com a pesca”, referiu o autarca do concelho de Caminha.

Rui Lages recordou os “bravos pescadores” que se fizeram ao mar na pesca do bacalhau, falou da relação da pesca com o desenvolvimento local, das necessidades económicas e dos inúmeros postos de trabalho, referindo ainda os problemas como a “elevada burocracia que um patrão tem de enfrentar para lançar as redes ao mar”, ou as exigências e requisitos que a União Europeia impõe – um desafio para se equilibrar sustentabilidade e subsistência.

O Presidente reforçou que, segundo as Nações Unidas, o setor das pescas emprega no mundo mais de 200 milhões de pessoas, mas ao mesmo tempo é cada vez mais difícil aliciar as novas gerações, deixando também estas questões para reflexão.

Quanto ao Portinho de Vila Praia de Âncora, Rui Lages disse que “já há muito trabalho feito, mas precisa de financiamento. Os meus pescadores sabem que o mar é perigoso e que a tormenta é terrível, mas isso não os impede de se lançarem ao mar. Só queremos mais segurança, para fortalecer esta economia, tão importante”.

O Cineteatro dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora, onde depois da sessão de abertura, em que intervieram o Presidente da Câmara Municipal de Caminha, Rui Lages, o Presidente da Docapesca, Sérgio Faias e a Secretária de Estado das Pescas, Teresa Coelho, decorreu o primeiro painel, sobre “Perspetivas e Valorização da Pequena Pesca”.

“Mulheres da Pesca” foi o tema do painel seguinte, tendo sido ainda apresentado no período da manhã o projeto “Embarcações movidas a gás natural”.

Os trabalhos foram retomados ao início da tarde, com o painel três, sobre “Desafios da Pequena Pesca Ibero-Americana”, seguindo-se o quarto e último painel deste congresso, sob o tema: “Potencialidades e desafios futuros”.

No final, foi feita a entrega dos Prémios Distinção Personalidade do Setor, terminando o congresso com a sessão de encerramento e apresentação da Campanha de Promoção do Pescado Português.

No fecho, Teresa Coelho elencou os temas mais discutidos e que merecem um aprofundamento, dizendo que levava deste Congresso um grande “caderno de encargos”.

A segunda edição do Congresso da Pequena Pesca, promovida pela Docapesca, foi uma iniciativa realizada em parceria com o Ministério da Agricultura e da Alimentação, e teve o apoio institucional da Associação Natureza Portugal/WWF e da Câmara Municipal de Caminha.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Nacional 13 Julho, 2024

Ministra do Trabalho admite mudanças no subsídio de desemprego

A ministra do Trabalho disse no parlamento, que as mudanças que defende são no subsídio social de desemprego, mas admitiu que também mudanças no subsídio de desemprego poderão acontecer após discussão em concertação social.

Música 13 Julho, 2024

Escola do Rock em Paredes de Coura arranca com mais de 40 alunos de todo o país

Mais de 40 'alunos' de vários pontos do país, de norte a sul, e até da vizinha Galiza participam na Escola do Rock, que tem a primeira chamada no próximo domingo, 14 de julho, em Paredes de Coura, e fecha o período letivo na sexta-feira seguinte com o habitual concerto final de apresentação do resultado da residência intensiva.

Opinião 13 Julho, 2024

OPINIÃO: Benefícios, desafios e impacto na vida dos doentes renais

Várias décadas de evolução na hemodiálise proporcionaram uma mudança radical no acesso ao tratamento e várias evoluções técnicas que permitiram um aumento significativo da qualidade dos tratamentos e da qualidade de vida dos doentes renais crónicos com necessidade de tratamento substitutivo renal. Longe vão os tempos em que apenas um grupo selecionado de doentes tinha acesso à diálise e, mesmo esses, tinham uma qualidade de vida bastante sofrível.

Regional 12 Julho, 2024

Melhor festival de cerveja artesanal da Península Ibérica já está a bombar em Caminha

O Artbeerfest Caminha já está a bombar e promete encher o coração da Vila, até domingo, não apenas de saborosas cervejas, mas também de música, dança, cor e alegria.

Nacional 12 Julho, 2024

DECO PROteste insiste na redução do IVA da eletricidade para todos os consumidores

A DECO PROteste considerou insuficiente o alargamento do IVA da eletricidade a 6% a mais famílias, aprovado em junho, e insistiu que aquela taxa deve ser aplicada na luz e no gás para todos os consumidores.

Regional 12 Julho, 2024

Participação prévia na alteração ao Plano de Urbanização da Cidade de Viana do Castelo e ao Plano de Pormenor para a Área Marginal ao Rio Lima até 1 de agosto

Na sequência da decisão da Câmara Municipal de Viana do Castelo, de 14 de maio do presente ano, de iniciar o procedimento de alteração ao Plano de Urbanização da Cidade de Viana do Castelo e ao Plano de Pormenor para a área marginal ao Rio Lima, entre a Ponte Eiffel e a Ponte do IC 1, em Darque, decorrem, entre 12 de julho e 1 de agosto, os períodos de participação prévia.

Regional 11 Julho, 2024

Notícias de Viana apresenta nova imagem e linha editorial

O jornal Notícias de Viana, que é propriedade da Diocese de Viana do Castelo, promoveu um evento de lançamento da sua nova imagem e linha editorial. A informar desde 1916, o título passa a ser mensal e pretende também apostar no digital.