Logo
Nacional

Quase 4% da população consome sedativos sem controlo médico

4 Abril, 2024 | 10:50
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

Quase 4% da população toma sedativos sem controlo por parte de um médico, havendo casos de obtenção de medicamentos sem receita, consumo de doses excessivas ou por mais tempo do que o prescrito, revela um estudo divulgado esta quarta-feira. 

“Entre a população geral, 3,9% admitiram ter um uso não controlado por um médico de medicamentos sedativos ao longo da vida”, indica o relatório final do V Inquérito Nacional ao Consumo de Substâncias Psicoativas na População Geral, Portugal 2022, divulgado pelo Instituto para os Comportamentos Aditivos e as Dependências (ICAD).

O estudo, que dedica um capítulo aos medicamentos, mostra que o mais habitual são os casos em que as pessoas usam sedativos sem receita médica (38%), seguindo-se os consumos de doses maiores que as prescritas (29%).

“Cerca de 21% usaram por períodos mais longos que os prescritos e 11% para finalidades diferentes das prescritas”, lê-se ainda no estudo que tem por base entrevistas realizadas entre setembro de 2021 e novembro de 2022 a pessoas entre os 15 e os 74 anos de idade.

Os inquiridos apontaram como motivos para tomar medicamentos sedativos o facto de estes os ajudarem a relaxar, mas também por estarem doentes ou com depressão.

No estudo também aparecem casos em que os inquiridos admitiram recorrer aos sedativos para tentar esquecer problemas ou procurar um estado de alegria.

Mas, em Portugal a grande maioria da população (86%) é abstinente do consumo de medicamentos sedativos, chegando esta percentagem aos 91% no caso dos homens.

Na população dos 15 aos 64 anos, a prevalência de consumo foi de 13%, mantendo-se próxima dos valores registados no estudo anterior, de 2017 (12,1%).

Os sedativos são a terceira substância psicoativa com maior expressão, depois do álcool e do tabaco.

Contrariamente ao álcool e ao tabaco, o consumo de sedativos é mais habitual entre o sexo feminino: em 2022 afetava 16,9% das mulheres contra 9% dos homens.

O relatório apresenta também um capitulo sobre o tabaco, cujo consumo aumentou entre 2017 e 2022, passando de 48,8% para 51%.

Tal como acontece com o álcool, é também aos 16 anos que os mais jovens dizem ter começado a fumar.

A curiosidade e vontade de experimentar e a influência dos amigos são alguns dos motivos para experimentar, sendo que também houve quem apontasse como razão estar numa festa ou num outro momento festivo.

O relatório final hoje divulgado revela ainda que três em cada quatro pessoas (75,8%) consumiram álcool ao longo da vida em Portugal e que um quarto da população geral é abstinente.

O inquérito foi realizado pelo CICS.NOVA — Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais da Universidade Nova de Lisboa (NOVA FCSH) para o SICAD — Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, na sequência dos estudos realizados em 2001, 2007, 2012 e 2017.

 

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 20 Abril, 2024

Juventude Viana perde na Póvoa de Varzim

A Juventude Viana perdeu (3-2), este sábado na Póvoa de Varzim, em jogo da 22ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de hóquei em patins. A equipa vianense mantém o 2º lugar da classificação, mas agora com o Clube Desportivo da Póvoa apenas a um ponto.

Desporto 20 Abril, 2024

Rui Pedro Silva recandidata-se à liderança do Sport Clube Vianense

Rui Pedro Silva vai recandidatar-se à liderança do Sport Clube Vianense, nas eleições marcadas para o próximo dia 24 de maio de 2024. O anúncio foi feito na última Assembleia Geral do clube e confirmado à Viana TV,

Regional 20 Abril, 2024

Câmara de Valença com 300 mil euros positivos e execução de 20,5 ME de receita em 2023

A Câmara de Valença terminou 2023 com um resultado líquido positivo próximo dos 300 mil euros e “a maior execução da receita de sempre, no valor de 20,5 milhões de euros”, revelou a autarquia.

Regional 20 Abril, 2024

Viana do Castelo entre os distritos com menor registo de incumprimentos na limpeza de terrenos

Santarém, Castelo Branco, Braga, Coimbra e Aveiro são os distritos onde se registaram mais incumprimento da limpeza de terrenos florestais, entre 2019 e 2023, informou a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Desporto 20 Abril, 2024

Voleibol Clube de Viana eliminado da Taça Federação

O Voleibol Clube de Viana perdeu (3-0), esta sexta-feira nos Açores frente à Fonte do Bastardo, o segundo jogo das meias finais da Taça Federação. A equipa vianense que já tinha perdido (1-3) o primeiro jogo em Viana do Castelo acabou eliminada da competição.

Cultura 19 Abril, 2024

Caminha: Exposição “50 anos, 50 autores, 50 obras” inaugura amanhã

A Galeria Guntilanis, em Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, inaugura, este sábado, 20 de abril, pelas 16h00, a exposição "50 anos, 50 autores, 50 obras".

Regional 19 Abril, 2024

Três portugueses suspeitos de integrar rede criminosa espanhola

Três portugueses estão a ser investigados no âmbito do desmantelamento de uma alegada rede criminosa que operava na Galiza e no Norte de Portugal para fornecer lanchas para o narcotráfico, revelou à Lusa fonte da Guardia Civil espanhola.