Logo
Nacional

Presidente da República considera que professores têm reivindicações justas e pede diálogo

17 Janeiro, 2023 | 23:24
Partilhar
Eduarda Alves
2 min. leitura

O Presidente da República considerou que os professores têm várias reivindicações “compreensíveis e justas” e apelou a Governo e sindicatos que estabeleçam um diálogo construtivo e evitem um período de greve prolongado.

“Amanhã [quarta-feira] começa uma nova ronda de conversas. Considero positivo já se ter percebido aquilo que está resolvido, o que não está resolvido mas talvez seja fácil resolver e aquilo que vai ser difícil resolver. E agora vamos ver como é que correm as conversas. Têm de ser conversas de boa-fé, de parte a parte, têm de ser conversas construtivas”, afirmou.

Marcelo Rebelo de Sousa, que falava aos jornalistas no Infarmed, em Lisboa, apontou como reivindicações justas dos professores “as que dizem respeito à proximidade da residência, do domicílio em relação à escola onde vão lecionar, como seja a burocracia” e “outras que têm a ver com aspetos do estatuto dos professores”.

No seu entender, “aí há matéria para diálogo entre Governo e os professores”.

“A única que eu vejo mais difícil, porque implica muito dinheiro, ou implica uma modificação substancial, é o reconhecimento – sobretudo se for de uma só vez, se não for faseado – daquilo que foram realmente os sacrifícios de carreira dos professores por causa das crises sucessivas do passado. Mas ainda aí é uma questão de ver se há espaço ou não há espaço para tentar equacionar isso. Eu acho difícil, mas é possível que haja”, acrescentou.

O chefe de Estado discordou que este seja “um problema do ministro A, B, C, D ou E”, até porque “muitas das soluções implicam decisões de vários ministérios, nomeadamente das Finanças”, contrapondo que “a posição é do Governo” como um todo.

E defendeu que há “um ponto fundamental”, que “interessa aos professores, interessa ao pessoal auxiliar e técnico e administrativo, interessa aos pais e encarregados de educação e interesse as alunos, e, portanto, interessa ao Governo”, que é “chegar-se a uma solução que permita não ter uma greve que dure praticamente até ao Carnaval”.

“Qualquer dia começa-se a levantar problemas de avaliação período letivo. Ora, nós tivemos dois anos praticamente perdidos por causa da pandemia. Um terceiro ano com altos e baixos, avanços e recuos não interessa ninguém”, argumentou.

Segundo o Presidente da República, inicialmente quando os professores entraram em greve “os portugueses acharam que era uma espécie de prolongamento das férias do Natal e do fim do ano”.

“Agora começam a ter problemas gravíssimos, ir buscar filhos não ir buscar filhos, alunos ensino especial, programação da vida familiar, preocupação com as avaliações. E eu penso que todos têm a ganhar, o Governo tem a ganhar, os professores têm a ganhar, em que este diálogo corra bem”, reforçou.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Opinião 17 Abril, 2024

OPINIÃO: “Arbitragem – O Refúgio dos Incompetentes”

De Norte a Sul do país, das competições regionais até às competições profissionais de futebol o tema recorrente foi, é e será, a arbitragem.

Regional 17 Abril, 2024

Trabalhos de reabilitação das ruas da Retorta e do Bulhente em “fase bastante adiantada”

Encontram-se em "fase bastante adiantada" os trabalhos de reabilitação das ruas da Retorta e do Bulhente, em Vila Praia de Âncora, uma das zonas bastante afetadas pelas intempéries que, no início do ano passado, causaram profundos estragos por todo o concelho de Caminha.

Nacional 17 Abril, 2024

Desmantelada em Portugal e Espanha rede de narcotráfico e branqueamento

Uma rede criminosa internacional de tráfico de estupefacientes e branqueamento de capitais, ativa há oito anos na União Europeia e América do Sul, foi desmantelada em Portugal e Espanha e detidos 20 suspeitos, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Regional 17 Abril, 2024

Assembleia Jovens de Abril fez-se ouvir nos Paços do Concelho de Valença

Dezenas de alunos do Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, em Valença, deram corpo e voz às suas ideias e anseios na Assembleia Jovens de Abril, que decorreu, esta quarta-feira, 17 de Abril, nos Paços do Concelho. 

Regional 17 Abril, 2024

Ponte de Lima: Museu dos Terceiros expõe festa e procissão de Nossa Senhora das Dores

O Museu dos Terceiros, em Ponte de Lima, inaugura, esta sexta-feira, pelas 18h00, a exposição "A Festa e Procissão de Nossa Senhora das Dores em Ponte de Lima" que “põe em evidência a devoção” do concelho àquela santa, foi hoje divulgado.

Regional 17 Abril, 2024

Centro Social e Cultural de Barroselas vai ser alvo de melhorias nas instalações

O Presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Luís Nobre, assinou um Protocolo de Cooperação e Apoio Financeiro ao Centro Social e Cultural de Barroselas para a 1ª fase de melhorias nas instalações desta Instituição Particular de Solidariedade Social (IPSS), momento que contou também com a presença da Vereadora da Coesão Social, Carlota Borges, e do Presidente da União de Freguesias de Barroselas e Carvoeiro, Rui Sousa.

Regional 17 Abril, 2024

Município de Valença vai apoiar Apicultores

O Município de Valença vai apoiar os apicultores locais através da oferta de meias alças lusitanas e lâminas alveoladas, iniciando assim um processo de modernização da apicultura local.

Cultura 17 Abril, 2024

“Ciclo de Polinização Musical” está de regresso a Paredes de Coura em maio

Lula Pena, Daniel Pereira Cristo e a dupla galega Xisco Feijoó e María Vidal são alguns dos nomes do cartaz do Ciclo de Polinização Musical de Paredes de Coura, agendado para maio, revelou hoje a autarquia.