Logo
Regional

Presidente da Assembleia da República inaugura escola em Vila Praia de Âncora

23 Janeiro, 2023 | 17:04
Partilhar
Eduarda Alves
4 min. leitura

A inauguração da obra de ampliação da Escola Básica e Secundária e Espaços de Integração para o Ensino Articulado de Vila Praia de Âncora, um investimento de mais de 2,5 milhões de euros, teve lugar esta manhã, tendo como convidado o Presidente da Assembleia da República, Augusto Santos Silva, um homem da Educação, que pensa a Educação e que sabe bem da importância de se valorizar a Escola Pública, como o descreveu o Presidente da Câmara, Rui Lages. 

A cerimónia foi simples, mas muito marcante, sobretudo pela participação de atuais e antigos alunos da Academia de Música Fernandes Fão (AMFF), que neste complexo tem agora a sua sede, com salas adequadas e preparadas para o ensino e a aprendizagem da música e um magnífico auditório, polivalente, que servirá toda a comunidade e que tem no seu nome a homenagem a uma grande família local, a família Ramos Pereira.

Após a visita às instalações da nova Escola Básica e da AMFF, os meninos do Coro de Iniciação da AMFF, formado por alunos do Primeiro Ciclo, deram as boas vindas a todos, interpretando um momento musical, a que se seguiu uma segunda atuação, pelos alunos do 2º e 3º ciclo.    

Augusto Santos Silva recordou, na sua intervenção, estar desde os seis anos na escola e “nunca mais de lá saí”, isto porque a Escola e a Educação são paixões constantes na sua vida: “sou um bom termómetro para avaliar a evolução da Educação” concluiu. E numa breve análise revisitou o período constituído sensivelmente pelas duas últimas décadas, uma altura (há mais ou menos 20 anos) em que cerca de metade dos jovens entre os 15 e os 24 anos abandonavam a escola sem terem completado o Ensino Secundário, recordou.

O Presidente da Assembleia da República sublinhou que essa realidade de abandono é hoje residual, agora a saída da escola faz-se com pelo menos o Ensino Secundário concluído e metade dos jovens com 20 anos frequenta o Ensino Superior. “Fizemos isto em cerca de 20 anos”, disse o responsável, considerando que a reforma da Educação teve muitas etapas, algumas incompreendidas na altura, como a opção pelos Agrupamentos, o envolvimento direto na escola de pais e encarregados de educação, ou o encerramento de escolas que não o eram verdadeiramente, com seis ou 7 alunos, onde o sucesso não tinha lugar.

Augusto Santos Silva elogiou as instalações que tinha acabado de visitar, classificando-as como mais um passo em frente para um fim maior, o cumprimento do Direito à Educação. 

Na sessão intervieram também os dois responsáveis pelas instituições escolares que beneficiam de novas instalações, que ali funcionam desde o início deste ano letivo: o diretor da AMFF, Fernando Rebelo, e a diretora do Agrupamento de Escolas de Caminha, Maria Esteves. Ambos se congratularam pelo complexo e agradeceram a intervenção que permitiu tornar este sonho uma realidade que serve centenas de crianças e jovens, designadamente os dois Presidentes da Câmara de Caminha, atual e anterior, e o agora deputado Tiago Brandão Rodrigues, que lançou, com a Câmara, todo o projeto enquanto Ministro da Educação, e que hoje também marcou presença.  

Fernando Rebelo mostrou-se particularmente satisfeito por finalmente se concretizar uma promessa, que no passado também foi feita, mas nunca cumprida. A Academia, lembrou, tem 34 anos e quando assumiu a direção, em 2014, contava 345 alunos, número que hoje subiu para os 3000. Muitos alunos seguiram para o Ensino Superior, e alguns regressaram à AMFF como professores, como é o caso do grupo que encerrou a sessão, com uma magnífica interpretação instrumental e de canto. 

A Professora Maria Esteves considerou que hoje se encerrou um ciclo de grandes investimentos, nomeadamente a requalificação da Escola Secundária de Caminha e agora a ampliação da Escola Básica e Secundária e Espaços de Integração para o Ensino Articulado de Vila Praia de Âncora, sublinhando que esta foi uma decisão arrojada.           

Rui Lages, por sua vez, congratulou-se pelo dia de grande alegria que hoje se vive, com a celebração da Escola como símbolo de valores. ensinamento, aprendizagem, partilha, cidadania e inclusão. Esta é uma escola que valoriza talentos, disse, enaltecendo a Escola Pública como grande aposta da Câmara, uma aposta que se tem concretizado, nos últimos anos, com equipamentos novos, mas também melhoria de muitos outros, por todo o concelho, como ficou aliás patente num pequeno vídeo apresentado na primeira parte da sessão.    

Uma aposta que não se fica pelas estruturas, mas que é de facto uma escola a tempo inteiro, aposta também nos transportes (gratuitos até ao Secundário) refeições, programas variados de desporto, saúde e tempos livres. 

O Presidente da Câmara fez também vários agradecimentos, desde logo à Vereadora da Educação e ao anterior Presidente da Câmara, a Tiago Brandão Rodrigues, à Professora Maria Esteves, aos funcionários da Câmara que pensaram e acompanharam a execução do projeto hoje inaugurado, aos que trabalham nas escolas, sublinhando que a Escola é a casa do saber, da cultura e da cidadania.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 21 Maio, 2024

Governo pede urgência em inquérito à morte de doente no hospital de Viana do Castelo

O Ministério da Saúde pediu que o inquérito aberto pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho para apurar as circunstâncias da morte de um doente no hospital de Viana do Castelo “decorra com a urgência desejável”.

Regional 21 Maio, 2024

Três hectares de baldios em Arcos de Valdevez reflorestados com 1.350 laranjeiras

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e Ermelo, em Arcos de Valdevez, plantaram hoje mais de 1.350 laranjeiras em três hectares de terrenos atravessados por linhas de transporte e energia.

Regional 21 Maio, 2024

Foco de surto de ‘legionella’ em Caminha que causou um morto ficou por identificar

O surto de ‘legionella’ que surgiu em novembro em Caminha afetou 10 pessoas, provocou um óbito e a fonte de contaminação não foi identificada, revelou hoje à Lusa o delegado de Saúde do Alto Minho.

Regional 21 Maio, 2024

Hospital de Viana do Castelo abre inquérito à morte de doente na urgência

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho abriu um processo de inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um homem na urgência do hospital de Viana do Castelo, na sexta-feira, a quem foi atribuída a pulseira verde.

Regional 21 Maio, 2024

CIM Alto Minho formaliza assinatura do Compromisso C-Academy com CNCS

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) acabam de formalizar a assinatura do Compromisso C-Academy, que comtempla o desenvolvimento de um programa de formação avançada em cibersegurança destinado a colaboradores das câmaras municipais e da comunidade intermunicipal.

Regional 21 Maio, 2024

Caminha: Presidente da APIMIL explicou perigos da proliferação da Vespa Asiática e métodos de combate

A vespa velutina ou asiática veio para ficar e as alterações climáticas vão alargar as áreas onde a espécie está presente. São perigosas, têm enorme impacto nos apiários, na economia, no ambiente e até na saúde pública, mas a boa notícia é que são controláveis e com relativa facilidade, através de “armadilhas” que todos temos em casa. A ideia poderia de alguma forma sintetizar a comunicação do presidente da APIMIL - Associação dos Apicultores de Entre-Minho e Lima, Alberto Dias, ontem, na sessão que assinalou o Dia Mundial da Abelha e que teve lugar na Incubadora Verde, em Argela.

Cultura 21 Maio, 2024

“Cantar de Galo” sobe ao palco do centro cultural de Paredes de Coura 

Esta sexta-feira, dia 24 de maio, a companhia Mala Voadora traz a Paredes de Coura a sua recente estreia "Cantar de Galo", que culmina numa discussão entre o Galo de Barcelos e Salazar. Um "solo" de Jorge Andrade com texto do Pulitzer Robert Schenkkan, no Centro Cultural, às 21h30.