Logo
Opinião

OPINIÃO: Futebol – Educação para Todos 

5 Junho, 2023 | 15:44
Partilhar
Paulo Gomes
3 min. leitura

“No futebol, em primeiro lugar, dever-se-ia educar a pessoa como pessoa e não como  futebolista.” 

“No futebol, em primeiro lugar, dever-se-ia educar a pessoa como pessoa e não como  futebolista.” 

Johan Cruyff 

No términus de mais uma época desportiva, urge alertar, todos os intervenientes, que a prática  desportiva vai muito para além do mero exercício físico.  

Mais importante do que as ideias de jogo ou métodos de treino, são ou deveriam ser, os valores  humanos. Perante alguns exemplos, demasiados até, observados semanalmente, onde  prevalece a deterioração de valores nos comportamentos, da maioria dos intervenientes, vulgo  agentes desportivos, reveste-se de vital importância a análise desta temática.  

Converge-se para a ideia de que tudo vale para chegar ao sucesso, onde, competir é ganhar a  todo custo e qualquer custo. A agressividade atinge patamares de grande preocupação,  nomeadamente, nos escalões mais jovens. Nos últimos tempos, a violência verbal, agravou-se  de tal forma que passou para a violência física. Em Espanha, na Alemanha, em Portugal,  registaram-se um sem número de casos, que foram devidamente noticiados na comunicação  social, cada vez mais ávida e necessitada deste tipo de notícias.  

“O desenvolvimento, incluindo o desenvolvimento do futebol, depende também da dimensão  cultural e ética dos seus agentes e não pode reduzir-se a um projeto meramente desportivo.” 

José Mourinho 

Sendo transversal a todos os desportos, a violência, assume no futebol contornos preocupantes.  Todos os fins de semanas recebemos relatos de agressões a árbitros, jogadores, adeptos, etc.,  resultantes, na sua maioria, do lema “tudo vale para ganhar”. Assume ainda uma maior gravidade, que seja nos jogos de escalões de formação que se verifiquem a maioria destes casos.  Infelizmente, os pais, treinadores e diretores, sem qualquer compreensão pedagógica daquilo  que é o desporto, são, na sua maioria, os principais causadores destas situações.  

Será que as qualidades futebolísticas estão dissociadas das qualidades humanas? Pensarão os  pais, treinadores e diretores que um jovem bem formado, educado, e com bom carácter não  poderá, simultaneamente, ser um atleta de excelência?  

Ao contrário do que se possa pensar, a grande mudança comportamental não é ao “nível do  relvado”. É nas bancadas e, por vezes, no banco de suplentes, que se verifica o principal foco de  dispersão e agressividade. Basta passar uma manhã, num recinto desportivo, para rapidamente  nos apercebermos da quantidade de atitudes inacreditáveis daqueles que deveriam ser o  exemplo para os seus educandos. Desde chamadas de atenção constantes para os filhos,  agressões verbais para árbitros e adversários, tudo ou quase tudo pode acontecer. 

Entender que é necessário, haver policiamento em jogos de sub14 (iniciados), é, na minha  opinião, atingir um limite inaceitável e inimaginável.  

Não é difícil perceber onde está a raiz do problema. Na realidade e até pelas posições que  ocupam, uns podem ser mais culpados que outros, no entanto, considero que todos somos  culpados.  

A solução passará por cada vez mais, se promover e defender as Lideranças Éticas. Quem está à  frente de um projeto desportivo, seja qual for a função, deverá sempre fazer prevalecer a  liderança ética, ou seja, ensinar a criança ou jovem atleta a saber ganhar e perder, sobretudo a  saber perder, momento mais delicado da competição.  

Como chamada de atenção aos formadores/treinadores: nunca coloquem o resultado acima de  qualquer processo. A Ética e os Valores no desporto devem ser ensinados e valorizados. Urge  uma mudança radical na nossa cultura desportiva. Reeduquemos, portanto, todos os  intervenientes no fenómeno desportivo nacional, principalmente pais e dirigentes, que por  norma, são aqueles que têm menos formação desportiva. 

Paulo Gomes

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Opinião 17 Abril, 2024

OPINIÃO: “Arbitragem – O Refúgio dos Incompetentes”

De Norte a Sul do país, das competições regionais até às competições profissionais de futebol o tema recorrente foi, é e será, a arbitragem.

Regional 18 Abril, 2024

Tradicional benção dos capacetes registou um “número record de motards presentes”

A tradicional benção dos capacetes regressou, no passado domingo, 14 de abril, à Capela de Sant’Ana, no Monte do Faro, em Valença. Segundo o Município, registou-se um "número record de motards presentes". 

Nacional 18 Abril, 2024

Ministra avalia dificuldades na aquisição de vacinas pelas Unidades Locais de Saúde

A ministra da Saúde disse, esta quarta-feira, desconhecer formalmente a existência de ruturas de vacinas, mas espera que a Direção Executiva forneça a “informação necessária” para avaliar dificuldades que Unidades Locais de Saúde possam estar a ter para as adquirir.

Desporto 17 Abril, 2024

FC Porto volta a vencer Guimarães e vai disputar final da Taça de Portugal com o Sporting

O FC Porto avançou para a final da Taça da Portugal em futebol, ao vencer o Vitória de Guimarães, por 3-1, na segunda mão das ‘meias’, indo defender frente ao Sporting o troféu conquistado nas duas últimas edições.

Regional 17 Abril, 2024

Colisão envolvendo autocarro e táxi fere 5 crianças e um adulto em Viana do Castelo

Uma colisão que envolveu um autocarro e um táxi hoje, em Darque, Viana do Castelo, provocou ferimentos ligeiros em cinco crianças e um adulto, disse à agência Lusa o comandante dos Bombeiros Voluntários.

Regional 17 Abril, 2024

Trabalhos de reabilitação das ruas da Retorta e do Bulhente em “fase bastante adiantada”

Encontram-se em "fase bastante adiantada" os trabalhos de reabilitação das ruas da Retorta e do Bulhente, em Vila Praia de Âncora, uma das zonas bastante afetadas pelas intempéries que, no início do ano passado, causaram profundos estragos por todo o concelho de Caminha.

Nacional 17 Abril, 2024

Desmantelada em Portugal e Espanha rede de narcotráfico e branqueamento

Uma rede criminosa internacional de tráfico de estupefacientes e branqueamento de capitais, ativa há oito anos na União Europeia e América do Sul, foi desmantelada em Portugal e Espanha e detidos 20 suspeitos, informou hoje a Polícia Judiciária (PJ).

Regional 17 Abril, 2024

Assembleia Jovens de Abril fez-se ouvir nos Paços do Concelho de Valença

Dezenas de alunos do Agrupamento de Escolas Muralhas do Minho, em Valença, deram corpo e voz às suas ideias e anseios na Assembleia Jovens de Abril, que decorreu, esta quarta-feira, 17 de Abril, nos Paços do Concelho.