Logo
Cultura

A 1ª fase de obras do Convento de São Salvador de Paderne é inaugurada amanhã pelo Ministro da Cultura

10 Julho, 2023 | 14:02
Partilhar
Eduarda Alves
2 min. leitura

O Ministro da Cultura, Pedro Adão e Silva, vai estar esta terça-feira, dia 11 de julho, pelas 16h00, em Paderne, Melgaço, para a inauguração da 1ª fase de obras de reabilitação, conservação e valorização da igreja do Convento de São Salvador de Paderne. O projeto representa um investimento superior a 1 milhão de euros.

O edifício que apresentava graves condições de conservação e com risco de perda de património, foi alvo de uma candidatura, feita pela autarquia, ao Aviso Património Cultural-Infraestrutural, do Programa Operacional Norte 2020, cabendo à Direção Regional de Cultura do Norte o apoio técnico à elaboração deste projeto.

O projeto representa o investimento total de 1.053.390,50 EUR (FEDER, Norte 2020: 500.000 EUR; Financiamento público nacional – Protocolo com Estado – via DGTF, Direção Geral do Tesouro e Finanças: 553.390,50 EUR).

“Com esta intervenção pretendemos devolver a dignidade material a este Monumento Nacional, potenciando a Igreja como um recurso ativo para o desenvolvimento do concelho, mas também da Região Norte no âmbito do Turismo Cultural e Religioso”, considera o autarca de Melgaço, Manoel Batista, realçando que “conseguimos, nesta primeira fase de obra, recuperar e reabilitar todo o edifício a nível estrutural, mas temos agora, numa segunda fase, de fazer intervenções mais profundas ao nível do interior, de forma a concluir o projeto integral de conservação, restauro e requalificação de todo este património.”

O Convento de Paderne é um Monumento de valor incalculável em termos arquitetónicos, históricos e artísticos, mas também socias e de memória coletiva da comunidade.

A continuidade da intervenção no interior tem como principais desafios o respeito e a harmonização entre os princípios litúrgicos e patrimoniais, ambos de enorme importância, e que se pretendem implementar através da conclusão da valorização deste espaço.

Assim, numa segunda fase de obras, serão realizados trabalhos de conservação e restauro que restituam todo o valor artístico que existe em cada parede, escultura, azulejo, teto policromo e em cada retábulo.

A segunda fase prevê ainda ainda novos equipamentos de iluminação, implementado um novo sistema de luminária e sinalética de emergência, telecomunicações, sistema de som, novo circuito de tomadas, colocação de meios de primeira intervenção de combate a incêndio, sinalização de emergência, sistema de intrusão e de vigilância (CCTV), assim como a renovação do presbitério e do mobiliário litúrgico.

Recorde-se que o Convento de Paderne é um monumento nacional que pertenceu, originalmente, a uma Ordem feminina que, em 1225, foi substituída pela Ordem dos Cónegos Regrantes de Santo Agostinho. Foi esta Ordem, aliás, que quarenta anos depois, construiu a igreja românica, também conhecida como Igreja do Divino Salvador.

A Igreja possui um interessante portal românico e no seu interior destacam-se os azulejos seiscentistas numa das paredes, o retábulo de talha dourada da capela-mor e diversas imagens em madeira policroma.

A data exata de fundação da primitiva Igreja é desconhecida, porém os vestígios mais antigos conhecidos são datados do século XIII, conforme inscrição na fachada principal.

 

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 21 Maio, 2024

Governo pede urgência em inquérito à morte de doente no hospital de Viana do Castelo

O Ministério da Saúde pediu que o inquérito aberto pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho para apurar as circunstâncias da morte de um doente no hospital de Viana do Castelo “decorra com a urgência desejável”.

Regional 21 Maio, 2024

Três hectares de baldios em Arcos de Valdevez reflorestados com 1.350 laranjeiras

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e Ermelo, em Arcos de Valdevez, plantaram hoje mais de 1.350 laranjeiras em três hectares de terrenos atravessados por linhas de transporte e energia.

Regional 21 Maio, 2024

Foco de surto de ‘legionella’ em Caminha que causou um morto ficou por identificar

O surto de ‘legionella’ que surgiu em novembro em Caminha afetou 10 pessoas, provocou um óbito e a fonte de contaminação não foi identificada, revelou hoje à Lusa o delegado de Saúde do Alto Minho.

Regional 21 Maio, 2024

Hospital de Viana do Castelo abre inquérito à morte de doente na urgência

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho abriu um processo de inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um homem na urgência do hospital de Viana do Castelo, na sexta-feira, a quem foi atribuída a pulseira verde.

Regional 21 Maio, 2024

CIM Alto Minho formaliza assinatura do Compromisso C-Academy com CNCS

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) acabam de formalizar a assinatura do Compromisso C-Academy, que comtempla o desenvolvimento de um programa de formação avançada em cibersegurança destinado a colaboradores das câmaras municipais e da comunidade intermunicipal.

Regional 21 Maio, 2024

Caminha: Presidente da APIMIL explicou perigos da proliferação da Vespa Asiática e métodos de combate

A vespa velutina ou asiática veio para ficar e as alterações climáticas vão alargar as áreas onde a espécie está presente. São perigosas, têm enorme impacto nos apiários, na economia, no ambiente e até na saúde pública, mas a boa notícia é que são controláveis e com relativa facilidade, através de “armadilhas” que todos temos em casa. A ideia poderia de alguma forma sintetizar a comunicação do presidente da APIMIL - Associação dos Apicultores de Entre-Minho e Lima, Alberto Dias, ontem, na sessão que assinalou o Dia Mundial da Abelha e que teve lugar na Incubadora Verde, em Argela.

Cultura 21 Maio, 2024

“Cantar de Galo” sobe ao palco do centro cultural de Paredes de Coura 

Esta sexta-feira, dia 24 de maio, a companhia Mala Voadora traz a Paredes de Coura a sua recente estreia "Cantar de Galo", que culmina numa discussão entre o Galo de Barcelos e Salazar. Um "solo" de Jorge Andrade com texto do Pulitzer Robert Schenkkan, no Centro Cultural, às 21h30.