Logo
Nacional

Mais de 20% da população sem capacidade financeira para manter casa quente em 2023

15 Março, 2024 | 18:10
Partilhar
Viana TV
1 min. leitura

Mais de 20% da população vivia, em 2023, em agregados em que não existia capacidade financeira para manter o alojamento confortavelmente quente, mais 3,3 pontos percentuais do que no ano anterior, segundo dados do INE hoje divulgados.

De acordo com o Inquérito às Condições de Vida e Rendimento (ICOR), cujos resultados foram publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), no ano passado, 20,8% da população vivia sem capacidade financeira para manter a casa adequadamente aquecida.

Segundo o INE, Portugal era, em 2022, um dos cinco países da União Europeia em que esta incapacidade era mais elevada, com 17,5%, quase o dobro da média europeia de 9,3%.

A percentagem da população em risco de pobreza sem capacidade financeira para manter a casa adequadamente aquecida (37,3%) representava mais do dobro da restante população (17,4%), e afetava, em especial, os idosos (28,5% para o grupo etário com 65 e mais anos).

“A situação em termos de conforto térmico é ainda mais acentuada, se atendermos a que, à proporção dos que se encontravam em situação térmica precária por motivos financeiros, acrescem 21,6% que referem viver numa situação em que o alojamento não é suficientemente quente no inverno por outros motivos, e que 38,3% vivem em alojamentos que não são adequadamente frescos no verão”, observou a autoridade estatística.

No ano passado, 26,6% da população vivia em alojamentos em que não era utilizado qualquer tipo de aquecimento em casa, proporção que era muito mais elevada nas Regiões Autónomas (86% na Madeira e 72,6% nos Açores) do que no Continente (24%).

A proporção de pessoas que viviam em alojamentos em que não era utilizado qualquer tipo de aquecimento em casa era mais elevada em situações de pobreza, com 39,7% das pessoas daquele grupo a referir não utilizar aquecimento em casa, o que compara com 23,9% da restante população.

Dos 73,1% que referiram utilizar aquecimento, o sistema mais utilizado foi o aquecimento fixo não central (33,5%) e a principal fonte de energia utilizada foi a eletricidade (48,5%), seguida da lenha (36,1%).

Relativamente ao tipo de vidro nas janelas, cerca de metade da população referiu ter vidros duplos, 40,9% vidros simples e 7,1% um misto de vidros simples e duplos/triplos.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Cultura 19 Abril, 2024

Caminha: Exposição “50 anos, 50 autores, 50 obras” inaugura amanhã

A Galeria Guntilanis, em Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, inaugura, este sábado, 20 de abril, pelas 16h00, a exposição "50 anos, 50 autores, 50 obras".

Regional 19 Abril, 2024

Três portugueses suspeitos de integrar rede criminosa espanhola

Três portugueses estão a ser investigados no âmbito do desmantelamento de uma alegada rede criminosa que operava na Galiza e no Norte de Portugal para fornecer lanchas para o narcotráfico, revelou à Lusa fonte da Guardia Civil espanhola.

Regional 19 Abril, 2024

Vila Nova de Cerveira organiza concerto solidário para ajudar o pequeno João

O Pavilhão Multiusos de Vila Nova de Cerveira vai acolher, este sábado, 20 de abril, o concerto solidário “Juntos conquistamos o futuro do João”, que visa angariar fundos para a aquisição de material adaptado à doença genética rara diagnosticada ao João, um menino de 4 anos, de Vila Nova de Cerveira.

Regional 19 Abril, 2024

Acidente de trabalho em armazém de materiais de construção faz um ferido grave

Um homem de 49 anos ficou hoje gravemente ferido ao ficar preso entre um camião e paletes de cimento num armazém de material de construção em São Romão do Neiva, Viana do Castelo, disse fonte da GNR.

Regional 19 Abril, 2024

Caminha: Homem detido por alegado tráfico com laboratório doméstico para preparar droga

Um homem de 35 anos foi detido por alegado tráfico de droga em Caminha, numa operação da GNR que levou à “descoberta de um pequeno laboratório doméstico para a preparação e transformação da substância estupefaciente”, foi hoje revelado.

Regional 19 Abril, 2024

Demonstração de meios da Proteção Civil municipal leva centenas ao Campo d’Agonia

Na manhã desta sexta-feira, o Campo d’Agonia acolheu uma demonstração de meios da Proteção Civil Municipal, numa iniciativa aberta a toda a comunidade que contou com a visita de centenas de alunos das escolas vianenses e utentes de instituições.

Desporto 19 Abril, 2024

Vianense SAD “não apoia qualquer lista” candidata às eleições do Clube

Para terminar de vez com com especulações, a Sport Clube Vianense, Futebol SAD, emitiu um comunicado a descarta o seu apoio a qualquer lista candidata no ato eleitoral do Sport Club Vianense, marcado para o próximo dia 24 de maio de 2024.