Logo
Regional

Jornadas no Politécnico de Viana do Castelo debateram sobre a importância da fitossanidade na vinha

28 Dezembro, 2022 | 9:13
Partilhar
Eduarda Alves
2 min. leitura

“Desafios da produção vitivinícola na sub-região Monção e Melgaço – fitossanidade” foi o tema central das jornadas, que decorreram na Escola Superior de Desporto e Lazer, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo, e que juntou conhecimento científico e profissionais da área num debate que se relevou profícuo.

Trocar experiências e partilhar formas de atuação sobre produção vitivinícola, foi o tema central das jornadas “Desafios da produção vitivinícola na sub-região Monção e Melgaço – fitossanidade”, que decorreram na Escola Superior de Desporto e Lazer, do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESDL-IPVC), em Melgaço.

A jornada de trabalho inseriu-se no NUTRIR – Núcleo Tecnológico para a Sustentabilidade Agroalimentar, projeto que nasceu com orientação científica do CISAS – Centro de Investigação e Desenvolvimento em Sistemas Agroalimentares e Sustentabilidade do IPVC.

A iniciativa contou com a presença da diretora Regional de Agricultura, Carla Alves, que reforçou “a importância da fitossanidade e da necessidade de os produtores darem cumprimento às medidas impostas pela DEGAV”, no que toca à gestão e ao controlo de algumas doenças, nomeadamente o míldio, o oídio, mas também outras pragas que têm causado sérios prejuízos aos produtores.

Durante as jornadas de trabalho sobressaíram ideias fundamentais para os produtores, destacando-se: reforço dos testes de eficácia das substâncias ativas disponíveis para a produção biológica, nomeadamente no controlo de míldio e oídio em produção biológica de vinha de casta Alvarinho, aposta na produção biológica, apesar dos desafios que isso poderá implicar, sem descorar o controlo da doença fúngica em videiras. “O sistema previsional, no caso da doença fúngica, tem em consideração dados meteorológicos e a fenologia da planta. Este sistema auxilia não só na tomada de decisão baseada na informação em tempo real como também permite avaliar a eficácia de tratamentos realizados”, destacavam os oradores, com um dos conselhos a não esquecer pelos produtores.

Conhecer a sintomatologia dos vírus da videira para o controlo de pragas foi outra das ideias veiculadas com os responsáveis a defenderem a importância das boas práticas culturais na instalação e manutenção do vinhedo e na prevenção de incidência de vírus.

A rematar, o tema da incidência de flavescência dourada, problema que tem vindo a aumentar na região, com efeitos nefastos na produção e na manutenção dos vinhedos. A adoção de medidas profiláticas de controlo e prevenção da incidência da doença foi a ideia final a reter.

A par da troca de experiências e da partilha de formas de atuação no que toca à produção vitivinícola, na sessão ficou clara a importância do NUTRIR para o território e a relevância da proximidade entre o conhecimento científico, produzido nomeadamente no Politécnico de Viana do Castelo, e a produção primária, tão caraterística no Alto Minho.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 18 Junho, 2024

Portugal estreia-se no Euro2024 com a República Checa em Leipzig

Portugal estreia-se hoje no Euro2024, com um duelo frente à República Checa, em Leipzig, na Alemanha, no dia em que arranca o Grupo F e em que fica fechada a primeira jornada da fase de grupos.

Regional 18 Junho, 2024

Viana do Castelo assinala 766 anos do Foral Afonsino com homenagem aos trabalhadores com 40 anos de serviço

A 18 de junho, no dia em que celebra os 766 anos do Foral Afonsino, a Câmara Municipal de Viana do Castelo entregou 15 medalhas e diplomas pelos “Bons Serviços e Dedicação” e pelo contributo para a dignificação da função pública e elevação do serviço municipal aos funcionários que completaram ou estão a completar 40 anos de serviço. 

Nacional 18 Junho, 2024

Mais de 30 mil alunos faltaram à prova de aferição de Português

Mais de 30 mil alunos, num universo de 100 mil, faltaram à prova de aferição de Português do 2.º ano, revelou o coordenador nacional do Sindicato de Todos os Profissionais da Educação (Stop), André Pestana.

Desporto 18 Junho, 2024

Fábio Sequeira e Vítor Sousa estão de volta ao SC Vianense

A Sport Clube Vianense, Futebol SAD já prepara a nova época. A equipa principal do clube centenário de Viana do Castelo que vai ser orientada pelo treinador Pedro Lomba no Campeonato de Portugal, já começa a definir o plantel que vai lutar pelo regresso à Liga 3.

Cultura 18 Junho, 2024

Maestro Martim Sousa Tavares apresenta o livro “Falar Piano e Tocar Francês” em Ponte da Barca

No próximo dia 3 de julho, às 21h30, o auditório municipal de Ponte da Barca será o cenário da apresentação do novo livro de Martim Sousa Tavares, intitulado "Falar Piano e Tocar Francês".

Cultura 18 Junho, 2024

Festival Contrasta 2024 está de regresso a Valença e já esgotou bilhetes para o último dia

A terceira edição do Festival Contrasta está de volta a Valença, nos dias 12 e 13 de julho. Apesar dos bilhetes já estarem esgotados para sábado, dia 13 de julho, com as atuações de Manu Chao, Manel Cruz e o Dj Alex Moon, ainda há bilhetes para o dia anterior que conta com Richie Campbell, Yang e a Dj Carolina Torres.

Internacional 18 Junho, 2024

Booking.com distingue Viana do Castelo como 3ª cidade mais acolhedora do mundo

Desde 2012 que a Booking.com reconhece os destinos e alojamentos mais acolhedores. Este ano, esta avaliação parte de uma análise de cerca de 309 milhões de comentários de viajantes. Baseando-se nessa análise, Viana do Castelo foi reconhecida como a 3ª cidade mais acolhedora do mundo.