Logo
Regional

IPVC integra projeto europeu para combater o desperdício alimentar

28 Março, 2024 | 11:23
Partilhar
Viana TV
1 min. leitura

O Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) é um dos membro do "Food Chase", um projeto financiado pelo Programa Erasmus+ e que tem a missão de construir ecossistemas de cadeia alimentar sustentáveis e reduzir os elevados índices de desperdício, que vão desde a produção ao consumo.

“Os dados mais recentes demonstram que o desperdício alimentar acontece em diferentes fases, desde a produção até ao consumo. Por isso, a luta contra este desperdício é uma batalha que requer esforços coordenados em todas as etapas da cadeia de abastecimento. O problema está identificado. É agora preciso encontrar soluções. E a chave reside na criação de fluxos eficientes de informação e na colaboração entre os diversos atores do setor alimentar”, lê-se numa nota do IPVC.

É a pensar nesta problemática que surge o Food Chase, projeto do qual o IPVC faz parte, e que teve o seu arranque na última semana, com um encontro em Viana do Castelo, juntando representantes dos 12 parceiros internacionais.

O Food Chase – Food Supply-Chain Ecosystems for Sustainability é um projeto de cooperação internacional no âmbito do programa Erasmus+, que junta parceiros de Portugal, Itália, Grécia, Chipre, Turquia, Roménia e Suíça, e que demonstra o compromisso destas instituições na promoção da educação, da inovação e da sustentabilidade na indústria alimentar.

O projeto, com a duração de três anos, assume como principal objetivo colocar à mesma mesa pensamento académico, conhecimento científico, organizações e empresas do setor, para que, juntos, encontrem soluções capazes de promover a sustentabilidade e apoiar a economia circular através da criação de Ecossistemas de Cadeia de Abastecimento Alimentar.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 20 Abril, 2024

Juventude Viana perde na Póvoa de Varzim

A Juventude Viana perdeu (3-2), este sábado na Póvoa de Varzim, em jogo da 22ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de hóquei em patins. A equipa vianense mantém o 2º lugar da classificação, mas agora com o Clube Desportivo da Póvoa apenas a um ponto.

Desporto 20 Abril, 2024

Rui Pedro Silva recandidata-se à liderança do Sport Clube Vianense

Rui Pedro Silva vai recandidatar-se à liderança do Sport Clube Vianense, nas eleições marcadas para o próximo dia 24 de maio de 2024. O anúncio foi feito na última Assembleia Geral do clube e confirmado à Viana TV,

Regional 20 Abril, 2024

Câmara de Valença com 300 mil euros positivos e execução de 20,5 ME de receita em 2023

A Câmara de Valença terminou 2023 com um resultado líquido positivo próximo dos 300 mil euros e “a maior execução da receita de sempre, no valor de 20,5 milhões de euros”, revelou a autarquia.

Regional 20 Abril, 2024

Viana do Castelo entre os distritos com menor registo de incumprimentos na limpeza de terrenos

Santarém, Castelo Branco, Braga, Coimbra e Aveiro são os distritos onde se registaram mais incumprimento da limpeza de terrenos florestais, entre 2019 e 2023, informou a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Desporto 20 Abril, 2024

Voleibol Clube de Viana eliminado da Taça Federação

O Voleibol Clube de Viana perdeu (3-0), esta sexta-feira nos Açores frente à Fonte do Bastardo, o segundo jogo das meias finais da Taça Federação. A equipa vianense que já tinha perdido (1-3) o primeiro jogo em Viana do Castelo acabou eliminada da competição.

Cultura 19 Abril, 2024

Caminha: Exposição “50 anos, 50 autores, 50 obras” inaugura amanhã

A Galeria Guntilanis, em Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, inaugura, este sábado, 20 de abril, pelas 16h00, a exposição "50 anos, 50 autores, 50 obras".

Regional 19 Abril, 2024

Três portugueses suspeitos de integrar rede criminosa espanhola

Três portugueses estão a ser investigados no âmbito do desmantelamento de uma alegada rede criminosa que operava na Galiza e no Norte de Portugal para fornecer lanchas para o narcotráfico, revelou à Lusa fonte da Guardia Civil espanhola.