Logo
Regional

Dezenas de trabalhadoras das misericórdias do distrito de Viana do Castelo protestaram na Praça da República

22 Março, 2023 | 15:29
Partilhar
Eduarda Alves
2 min. leitura

Dezenas de trabalhadoras das misericórdias do distrito de Viana do Castelo protestaram esta manhã na Praça da República, de forma pacífica e ordeira, "em luta e de luto porque são as trabalhadoras do setor social mais mal pagas".

Uma “jornada de luta” convocada pelo CESP (Sindicato do Comércio, Escritórios e Serviços de Portugal), em protesto pela não aplicação aos trabalhadores do Contrato Coletivo de Trabalho da CNIS (Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade) que lhes garante direitos “injustamente retirados há mais de uma década, nomeadamente o direito a receber diuturnidades de 5 em 5 anos, direito a 25 dias de férias e compensação a 100% do trabalho prestado em feriado”, fez com que cerca de 150 trabalhadoras das misericórdias do distrito de Viana do Castelo se concentrassem esta manhã, no centro histórico da capital do Alto Minho.

Rosa Silva coordenadora do CESP de Viana do Castelo, explicou que “o setor social tem três vertentes: Mutualidades, IPSS e Misericórdias, estas trabalhadoras das misericórdias estão com uma carreira de 30/40 anos de vida a ganhar o salário mínimo nacional” onde “há mais de uma década que lhes foram retiradas a diuturnidades e é uma luta constante deste sindicato com cartas ao primeiro ministro, com cartas à Dra. Ana Mendes Godinho a explicar a situação”.

Quando questionada pelo impacto desta manifestação a coordenadora referiu “que é muito positivo, porque a maioria destas instituições tem os racius sempre no mínimo e com falta de pessoal” visto que “tivemos que assumir os serviços mínimos…que são cinquenta por cento mais um, portanto muitas trabalhadoras gostariam de estar aqui hoje e não podem…porque tem que dar assistência aos utentes”.

Larisse Silva, trabalha na Santa Casa da Misericórdia de Ponte da Barca, há 9 anos, refere que as diuturnidades “deveriam começar a ser pagas em novembro de 2022 e estamos no final de março e nada.” Apela ainda para que os provedores “tenham mais respeito por nós, que nos ouça e que tenham consciência do nosso trabalho que é muito duro a nível físico e psicológico”.

Carla Araújo, trabalha para a misericórdia há quase 20 anos, “ganho o salário mínimo, faço noites, trabalho por turnos e tenho o subsidio que me corresponde que é por direito, mas fora isso, é o salário mínimo” sendo que os “feriados são mal pagos” e “é um trabalho muito duro”.

Concluiu, que “as trabalhadores não estão satisfeitas” com as condições.

Segundo o que a Viana TV conseguiu apurar, são cerca de 2.000 trabalhadoras nas Misericórdias do Distrito de Viana do Castelo.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Internacional 23 Maio, 2024

APDL esteve presente no Centro de Congressos Rotterdam Ahoy nos Países Baixos

O Porto de Leixões e o Porto de Viana do Castelo estiveram presentes na edição deste ano da Breakbulk Europe, que decorreu, no Centro de Congressos Rotterdam Ahoy, nos Países Baixos.

Regional 23 Maio, 2024

Séniores valencianos visitam Barcelos

Cerca de quatro centenas de valencianos participaram na primeira parte do Passeio Sénior Anual, organizado pelo Município de Valença, visitando a cidade de Barcelos.

Regional 23 Maio, 2024

II Ciclo de Concertos de Órgão de Ponte de Lima de 26 de maio a 30 de junho

O Município de Ponte de Lima em conjunto com a Associação Organum e o apoio do Secretariado de Liturgia da Diocese de Viana do Castelo promovem o II Ciclo de Concertos de Órgão de Ponte de Lima, entre os dias 26 de maio e 30 de junho de 2024.

Regional 23 Maio, 2024

Colisão entre dois veículos faz seis feridos ligeiros e corta EN13 em Caminha

Uma colisão entre dois veículos ligeiros na freguesia de Moledo e Cristelo, no concelho de Caminha, causou hoje seis feridos ligeiros e obrigou ao corte da circulação rodoviária na Estrada Nacional (EN) 13, disse fonte da Proteção Civil.

Desporto 23 Maio, 2024

Lista de Rui Pedro Silva avança sozinha para eleições do SC Vianense

Rui Pedro Silva será reeleito presidente da direção do Sport Clube Vianense nas eleições marcadas para a próxima sexta-feira, 24 de maio. Em conferencia de imprensa, Luís Louro, presidente da mesa da Assembleia Geral, anunciou que a lista de Rui Pedro será a única que se apresentará a sufrágio.

Regional 23 Maio, 2024

Ponte de Lima promove Jornadas de Cultura Popular com programa diversificado

Nos dias 31 de maio e 1 de junho realiza-se no Centro de Interpretação do Território as Jornadas de Cultura Popular que visam debater e refletir sobre o vasto património cultural, englobando os temas da ruralidade, da tradição, do sagrado e do profano, os modos de vestir, a alimentação e o jogo do pau.

Regional 23 Maio, 2024

Cientista Valenciana inspira jovens alunos

Programa Pedagógico "Cientistas Regressam à Escola", promovida pelo Município de Valença, contou com a participação da jovem cientista valenciana Cláudia Alves.