Logo
Nacional

BE escolhe Catarina Martins como cabeça de lista para as europeias

17 Março, 2024 | 8:55
Partilhar
Pedro Xavier
1 min. leitura

A antiga coordenadora do BE Catarina Martins foi escolhida pela Mesa Nacional do partido como cabeça de lista para as eleições europeias de 09 de junho, anunciou a atual coordenadora bloquista, Mariana Mortágua.

“Catarina Martins representa a candidatura mais forte que a esquerda pode apresentar nas eleições europeias e é por isso que será cabeça de lista do BE nestas eleições”, anunciou Mariana Mortágua em conferência de imprensa, em Lisboa, após uma reunião da Mesa Nacional, órgão máximo entre convenções.

Questionada sobre o resultado da votação, a coordenadora adiantou apenas que a escolha foi feita “por larguíssima maioria”.

Mariana Mortágua salientou que o BE “não desiste de apresentar um projeto alternativo”, que “defende o Estado social, não abdica da igualdade, do respeito, da democracia, dos direitos laborais, do ambiente”.

“Essa afirmação da esquerda em Portugal começa já nas eleições europeias”, salientou.

No texto da resolução da Mesa Nacional, lê-se que o partido vai aprovar o programa para as eleições europeias no dia 06 de abril.

Depois de uma década à frente do BE, durante a qual levou o partido aos seus melhores resultados, mas também a um dos piores, nas legislativas de 2022, Catarina Martins passou o testemunho a Mariana Mortágua no ano passado, na XIII Convenção Nacional.

Foi eleita deputada pela primeira vez nas legislativas de 2009, então como independente nas listas do BE, tendo sido reeleita nas eleições legislativas seguintes já como militante.

Catarina Martins foi coordenadora do BE entre 2012 e 2023. Nos primeiros dois anos, ocupou este cargo em parceria com João Semedo, numa inédita liderança ‘bicéfala’, modelo abandonado em 2014, na Convenção Nacional seguinte.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 20 Abril, 2024

Juventude Viana perde na Póvoa de Varzim

A Juventude Viana perdeu (3-2), este sábado na Póvoa de Varzim, em jogo da 22ª jornada do campeonato nacional da 2ª divisão de hóquei em patins. A equipa vianense mantém o 2º lugar da classificação, mas agora com o Clube Desportivo da Póvoa apenas a um ponto.

Desporto 20 Abril, 2024

Rui Pedro Silva recandidata-se à liderança do Sport Clube Vianense

Rui Pedro Silva vai recandidatar-se à liderança do Sport Clube Vianense, nas eleições marcadas para o próximo dia 24 de maio de 2024. O anúncio foi feito na última Assembleia Geral do clube e confirmado à Viana TV,

Regional 20 Abril, 2024

Câmara de Valença com 300 mil euros positivos e execução de 20,5 ME de receita em 2023

A Câmara de Valença terminou 2023 com um resultado líquido positivo próximo dos 300 mil euros e “a maior execução da receita de sempre, no valor de 20,5 milhões de euros”, revelou a autarquia.

Regional 20 Abril, 2024

Viana do Castelo entre os distritos com menor registo de incumprimentos na limpeza de terrenos

Santarém, Castelo Branco, Braga, Coimbra e Aveiro são os distritos onde se registaram mais incumprimento da limpeza de terrenos florestais, entre 2019 e 2023, informou a Guarda Nacional Republicana (GNR).

Desporto 20 Abril, 2024

Voleibol Clube de Viana eliminado da Taça Federação

O Voleibol Clube de Viana perdeu (3-0), esta sexta-feira nos Açores frente à Fonte do Bastardo, o segundo jogo das meias finais da Taça Federação. A equipa vianense que já tinha perdido (1-3) o primeiro jogo em Viana do Castelo acabou eliminada da competição.

Cultura 19 Abril, 2024

Caminha: Exposição “50 anos, 50 autores, 50 obras” inaugura amanhã

A Galeria Guntilanis, em Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, inaugura, este sábado, 20 de abril, pelas 16h00, a exposição "50 anos, 50 autores, 50 obras".

Regional 19 Abril, 2024

Três portugueses suspeitos de integrar rede criminosa espanhola

Três portugueses estão a ser investigados no âmbito do desmantelamento de uma alegada rede criminosa que operava na Galiza e no Norte de Portugal para fornecer lanchas para o narcotráfico, revelou à Lusa fonte da Guardia Civil espanhola.