Logo
Nacional

SIBS lança o primeiro cartão inclusivo certificado pela ACAPO

5 Janeiro, 2023 | 14:09
Partilhar
Eduarda Alves
3 min. leitura

A SIBS desenvolve o primeiro cartão inclusivo para pessoas com deficiência visual certificado pela ACAPO - Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal,  para que possam utilizar este instrumento de forma mais autónoma, segura e privada.

Esta solução SIBS inclui cartões bancários e não bancários com identificação e caracteres em Braille, e permitirá aos utilizadores cegos e com baixa visão distinguir os vários tipos de cartão por tipo de utilização.

Trata-se de uma tecnologia e solução próprias desenvolvidas pela SIBS, que passam a estar  disponíveis  a todos os seus clientes e parceiros, em Portugal e no estrangeiro que pretendam incluir esta solução na sua oferta.

“Trabalhamos diariamente para colocar o melhor da tecnologia ao serviço da sociedade, contribuindo para um futuro mais equilibrado e seguro. É com orgulho que, depois de quase dois anos de desenvolvimento e melhoramento do projeto, somos mais uma vez agentes de mudança, assegurando a utilização de cartões de forma autónoma, privada e segura, em terminais de pagamento e caixas automáticos, por parte de um cego ou amblíope”, afirma Gonçalo Campos Alves, Diretor Geral da SIBS Cartões.

O projeto de identificação de cartões inclusivos para pessoas com deficiência visual responde a um desafio já identificado pela ACAPO, mas para o qual ainda não existia uma resposta eficaz. Este desafio foi assumido pela SIBS, no âmbito do programa de Sustentabilidade “Verde-Código-Verde”, e em linha com o seu propósito de desenvolver soluções com impacto no dia a dia e criar valor para as comunidades onde está presente, promovendo uma sociedade mais justa e equitativa.

“Este projeto é um passo importante não só para as pessoas cegas ou com baixa visão, e para todos os que lhes são mais próximos, mas também para a consciencialização da comunidade sobre a importância do acesso igual e acessível a todos. Desta forma, um maior número de entidades poderão adotar no seu dia-a-dia práticas inclusivas, quer  para a informação que produzem quer para o relacionamento com os seus clientes” afirma Rodrigo Santos, Presidente da Direção Nacional da ACAPO.

Com esta solução, qualquer pessoa poderá identificar tanto o tipo de cartão – bancário, de fidelização, de acesso ou outro; débito, crédito, pré pago, entre outros no caso dos cartões bancários – como a entidade emissora, com plena autonomia, privacidade e segurança. A inclusão do Braille nos cartões complementa assim o cortante lançado em 2018, um corte efetuado no cartão em formato de meio lua que permite às pessoas cegas ou com baixa visão identificarem o lado correto para utilização do mesmo.

Atualmente, em Portugal, 23.396 pessoas não conseguem ver e 3,7% da população tem muita dificuldade em realizar esta tarefa.

Com cerca de 20 anos de experiência, a SIBS Cartões tem como missão criar valor para os seus stakeholders com o desenvolvimento de soluções para cartões seguras e inovadoras, que promovam princípios com impacto positivo a nível ambiental e social. Seguindo este compromisso, para além do lançamento do cortante em 2018, a SIBS Cartões foi pioneira no lançamento de cartões em PVC Eco, tornando este instrumento mais sustentável, e, mais recentemente, em 2021, um cartão composto por 100% de PVC reciclado, permitindo reduzir significativamente o impacto no meio ambiente.

Este novo projeto surge em parceria com a ACAPO, uma Instituição Particular de Solidariedade Social fundada a 20 de outubro de 1989 que tem como missão a representação dos cidadãos com deficiência visual, providenciando-lhes serviços adequados às suas necessidades e consciencializando a sociedade para a sua inclusão.

Blisq Creative | Estratégia de Comunicação, Design, Websites e Marketing Digital
A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 30 Janeiro, 2023

Monção organizou “O Melhor Wrap da Alimentação”

O primeiro concurso “O Melhor Wrap da Alimentação” realizou-se na EPRAMI, tendo as duas equipas finalistas, apadrinhadas por alunos do 3º ano do Curso de Cozinha e Pastelaria, apresentado as respetivas receitas ao júri do concurso.

Regional 30 Janeiro, 2023

Atleta André Pinto do Viana Remadores do Lima bate record de 17 anos

O Centro Cultural de Viana do Castelo recebeu este fim de semana, 28 e 29 de Janeiro, o Campeonato Nacional de Remo Indoor. O atleta Vianense André Pinto, do Viana Remadores do Lima, bateu um record de 17 anos também conseguido por um atleta vianense, Paulo Quesado, que na altura pertencia ao Clube Náutico de Viana do Castelo.

Regional 30 Janeiro, 2023

“Viana em Folia” de 17 a 21 de Fevereiro

De 17 a 21 de fevereiro, a iniciativa “Viana em Folia” promete trazer muita animação à cidade para celebrar o Carnaval.

Regional 29 Janeiro, 2023

Quatro autarquias do distrito de Viana formalizam constituição da Associação de Municípios da Serra d’Arga

Os municípios de Viana do Castelo, Caminha, Vila Nova de Cerveira e Ponte de Lima assinaram, em cartório, a constituição oficial da Associação de Municípios da Serra d’Arga. 

Desporto 29 Janeiro, 2023

Santa Luzia conquista mais uma vitória na Liga Feminina de Futsal

O Santa Luzia FC defrontou, este sábado, no Pavilhão José Natário, a EDC Gondomar, a quem venceu (7-2) em jogo antecipado da 18ª jornada da Liga Feminina Placar de Futsal.

Desporto 29 Janeiro, 2023

Juventude Viana perdeu em Paço d`Arcos e caiu para o último lugar do campeonato

A Juventude de Viana deslocou-se, este sábado a Paço de Arcos e perdeu na casa do último classificado do Campeonato Nacional da 1ª Divisão de hóquei em patins. A equipa de Viana do Castelo foi derrotada (2-0) e trocou de posição com o seu adversário na tabela classificativa.

Nacional 29 Janeiro, 2023

Sindicato fala em mais de cem mil pessoas no protesto em Lisboa pelas escolas

O coordenador do STOP estima que mais de cem mil pessoas estejam na manifestação este sábado em Lisboa, um "mar de gente" que aderiu ao protesto marcado há uma semana contra os serviços mínimos nas escolas.