Logo
Nacional

PSD acusa Governo de negligenciar Alto Minho por A28 ficar sem redução de portagens

29 Setembro, 2023 | 15:20
Partilhar
Eduarda Alves
2 min. leitura

A distrital do PSD de Viana do Castelo acusou o Governo de “negligenciar, mais uma vez o território ao deixar de fora a A28 da redução de 30% nas portagens de várias ex-SCUT (Sem Custos para o Utilizador).

“A A28 acabou por ficar de fora desta medida, mas esquece-se o Governo socialista que o Alto Minho tem estado a ser constantemente penalizado com a aplicação de portagens nesta via tão importante para o desenvolvimento do distrito”, adianta em comunicado a distrital do PSD, presidida por Olegário Gonçalves.

O PSD do distrito de Viana do Castelo destaca que “há anos que as empresas e as pessoas reivindicam quer a descida do preço das portagens, quer a retirada do pórtico do Neiva, situado junto à zona industrial de Neiva”.

“É inadmissível que a A28 tenha ficado de fora desta medida. O Governo socialista esquece-se sempre dos territórios mais pobres, com mais dificuldades e aos quais, todos os dias, é exigido um esforço extra para conseguirem alcançar um patamar de estabilidade semelhante ao de outras regiões do país”, sustenta a nota.

Para o PSD, o Governo “continua a atirar areia para os olhos dos portugueses com medidas paliativas, que só empurram o problema para a frente”.

“Vemos isso na educação, vemos isso na justiça, vemos isso na gestão do processo da TAP e continuamos a ver isso nas soluções remendadas que encontram para fazer face ao valor absurdo que os portugueses deixam na estrada quando precisam circular nestas vias, até por falta de alternativas”, referiu o presidente da comissão política do PSD do Alto Minho, Olegário Gonçalves, citado na nota.

Segundo Olegário Gonçalves, “fica sempre muito bem atirar números vistosos, tentando iludir os portugueses com reduções que não resolvem nada e ainda por cima, nem sequer consideram o país todo por igual, ou pelo menos as regiões mais desfavorecidas”.

“Mais uma vez, o Alto Minho fica de fora das decisões do Governo de António Costa. Até quero ver o que vão dizer os socialistas do distrito sobre esta decisão de excluir da A28 desta medida”, observou.

O Governo anunciou também que os veículos de classe 1 vão beneficiar de uma redução de 30% nas portagens em algumas ex-SCUT (Portagens Sem Custos para o Utilizador), entre as quais a A22, A23 e A24, a partir de janeiro.

“Vamos ter uma redução de 30% face aos preços atuais em vias como a A22 (Via do Infante/Algarve), a A23 (Beira Interior), a A24 (Interior Norte), a A25 (Beiras Litoral e Alta), a A4 (Túnel do Marão), a A13 e A13-1 (Pinhal Interior)”, disse a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa.

A governante destacou ainda que o Governo decidiu integrar nestes descontos a A4, a A13 e a A13-1, que nunca foram SCUT, para as colocar “em pé de igualdade com as outras vias” porque, “quando foi aprovado o desconto de 50%, essas vias ainda não existiam, portanto não tinham até agora o mesmo tratamento que as outras”.

Considerando os valores base de 2011, quando as ex-SCUT começaram a ser portajadas, a ministra indicou que estes descontos representam uma redução de 50% para 65%.

A decisão foi tomada em reunião do Conselho de Ministros e pretende repor “justiça territorial” no interior, explicou a governante, em conferência de imprensa.

Segundo a ministra, os descontos vão entrar em vigor em janeiro de 2024.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 21 Maio, 2024

Governo pede urgência em inquérito à morte de doente no hospital de Viana do Castelo

O Ministério da Saúde pediu que o inquérito aberto pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho para apurar as circunstâncias da morte de um doente no hospital de Viana do Castelo “decorra com a urgência desejável”.

Regional 21 Maio, 2024

Três hectares de baldios em Arcos de Valdevez reflorestados com 1.350 laranjeiras

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e Ermelo, em Arcos de Valdevez, plantaram hoje mais de 1.350 laranjeiras em três hectares de terrenos atravessados por linhas de transporte e energia.

Regional 21 Maio, 2024

Foco de surto de ‘legionella’ em Caminha que causou um morto ficou por identificar

O surto de ‘legionella’ que surgiu em novembro em Caminha afetou 10 pessoas, provocou um óbito e a fonte de contaminação não foi identificada, revelou hoje à Lusa o delegado de Saúde do Alto Minho.

Regional 21 Maio, 2024

Hospital de Viana do Castelo abre inquérito à morte de doente na urgência

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho abriu um processo de inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um homem na urgência do hospital de Viana do Castelo, na sexta-feira, a quem foi atribuída a pulseira verde.

Regional 21 Maio, 2024

CIM Alto Minho formaliza assinatura do Compromisso C-Academy com CNCS

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) acabam de formalizar a assinatura do Compromisso C-Academy, que comtempla o desenvolvimento de um programa de formação avançada em cibersegurança destinado a colaboradores das câmaras municipais e da comunidade intermunicipal.

Regional 21 Maio, 2024

Caminha: Presidente da APIMIL explicou perigos da proliferação da Vespa Asiática e métodos de combate

A vespa velutina ou asiática veio para ficar e as alterações climáticas vão alargar as áreas onde a espécie está presente. São perigosas, têm enorme impacto nos apiários, na economia, no ambiente e até na saúde pública, mas a boa notícia é que são controláveis e com relativa facilidade, através de “armadilhas” que todos temos em casa. A ideia poderia de alguma forma sintetizar a comunicação do presidente da APIMIL - Associação dos Apicultores de Entre-Minho e Lima, Alberto Dias, ontem, na sessão que assinalou o Dia Mundial da Abelha e que teve lugar na Incubadora Verde, em Argela.

Cultura 21 Maio, 2024

“Cantar de Galo” sobe ao palco do centro cultural de Paredes de Coura 

Esta sexta-feira, dia 24 de maio, a companhia Mala Voadora traz a Paredes de Coura a sua recente estreia "Cantar de Galo", que culmina numa discussão entre o Galo de Barcelos e Salazar. Um "solo" de Jorge Andrade com texto do Pulitzer Robert Schenkkan, no Centro Cultural, às 21h30.