Logo
Nacional

Portugal viverá “muitas dificuldades” até final de 2024 na cobertura de médicos de família

5 Setembro, 2023 | 15:06
Partilhar
Viana TV
3 min. leitura

O ministro da Saúde admitiu hoje que Portugal viverá “muitas dificuldades” até final de 2024 relativamente à cobertura de médicos de família, embora esteja a formar profissionais, mas a formação “começou tarde”.

“Admito que até final de 2024 vamos ainda viver muitas dificuldades porque o tema é saber se os que vamos recrutar conseguem compensar o número muito significativo de médicos que atingem a idade da reforma”, disse Manuel Pizarro.

“As dificuldades que temos tido em assegurar cobertura plena nos cuidados de saúde primários tem a ver com o facto de estes anos, algures entre 2020 e o final de 2024, são os anos em que se vão reformar os grandes cursos médicos da segunda metade da década de 70”, explicou o ministro.

Falando em “fosso geracional”, Manuel Pizarro acrescentou que atualmente estão a ser formados os profissionais necessários, mas admitiu que as dificuldades se manterão. “Começamos tarde demais a fazê-lo e não conseguimos essa compensação”, resumiu.

Quanto a concursos, Pizarro recordou que em maio deste ano, no concurso para jovens especialistas de medicina geral e familiar foram recrutados 314 especialistas, o que significa “um pouco mais de 90% dos que tinham acabado a especialidade no final de 2022”.

Em novembro, para o mesmo efeito, será lançado um novo concurso mas de dimensão inferior.

E em 2024 um terceiro para médicos que acabarem a formação no próximo ano.

“É algo com que temos de lidar. Combinamos a medida do encorajamento ao recrutamento com a medida da generalização das unidades de saúde familiar com remuneração associada ao desempenho. Uma das componentes associada ao desempenho é o alargamento da lista de utentes”, referiu.

Também questionado sobre as greves e manifestações de médicos que têm vindo a decorrer, Manuel Pizarro admitiu preocupação quanto às manifestações de descontentamento, dada a “importância dos recursos humanos no Serviço Nacional de Saúde”, mas mostrou-se esperançado numa “aproximação de posições”.

“Posso assegurar que o Governo faz o esforço possível para nos aproximarmos e posições que sejam vantajosas para os utilizadores do Serviço Nacional de Saúde, esses têm de estar no centro da nossa preocupação, e sejam também compensadoras para os nossos profissionais. Tenho a expectativa que do dialogo – não sei se sai um acordo definitivo e total – mas sai uma aproximação de posições”, concluiu.

Estas declarações aconteceram no final de uma conferência de imprensa que serviu para apresentar futuro escritório para a Tecnologia da Saúde, Robótica e Empreendedorismo da OMS, momento integrado num simpósio de dois dias que está a decorrer numa unidade hoteleira no Porto.

À entrada para as conferências, Pizarro foi confrontado à porta com uma manifestação de médicos organizada pela Federação Nacional dos Médicos (Fnam) que chamou à ação flashmob.

O protesto marcou também o arranque de uma caravana que vai percorrer o país, para reforçar a mobilização dos médicos, para que não façam mais do que as 150 horas extraordinárias obrigatórias por ano e para mapear a “situação dramática” que se vive em várias unidades de saúde.

No decorrer do protesto, a presidente da Fnam, Joana Bordalo e Sá, foi ouvida por Hans Kluge, diretor regional da OMS/Europa, que, acompanhado pelo ministro da Saúde, Manuel Pizarro, se deslocou junto do grupo de médicos.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 1 Março, 2024

ESCE-IPVC já abriu as inscrições para as “VIII Jornadas de Contabilidade e Fiscalidade”

A biblioteca da Escola de Ciências Empresariais do Instituto Politécnico de Viana do Castelo (ESCE-IPVC), em Valença, vai acolher, na próxima quinta-feira, 7 de março, as "VIII Jornadas de Contabilidade e Fiscalidade".

Cultura 1 Março, 2024

Livro “Procissões e Celebrações na Romaria de Nossa Senhora d’Agonia” é apresentado hoje

O livro “Procissões e Celebrações na Romaria de Nossa Senhora d’Agonia”, edição da VianaFestas, é lançado esta sexta-feira, na BTL-Bolsa de Turismo de Lisboa.

Regional 1 Março, 2024

Associação RAV pede apoio “mais consistente” do Estado face ao aumento do abandono animal

Numa altura em que se registam cada vez mais casos de abandono e maus tratos em animais, a Associação Resgate Adoção de Viana (RAV), do distrito de Viana do Castelo, apela a um apoio "mais consistente" do Estado. 

Regional 1 Março, 2024

“Saudade” a bordo do Navio Gil Eannes

No dia 23 de março, sábado, a bordo do Navio Gil Eannes vai ser realizado um espetáculo sob o tema “Saudade”. O espetáculo está integrado na participação da Fundação Gil Eannes, na 3ª Edição da Agenda Nacional “À Descoberta do Turismo Industrial”, que se realiza de 16 a 30 de março.

Regional 1 Março, 2024

Alunos de Itália, Polónia e Turquia em Viana do Castelo para projeto de Erasmus +

O vereador da Educação da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Manuel Vitorino, recebeu esta semana alunos e professores provenientes de Itália, Polónia e Turquia que estão de visita ao concelho no âmbito do projeto Erasmus + “Protect Our Future, Please!”, organizado pelo Agrupamento de Escolas Arga e Lima.

Regional 1 Março, 2024

Valença: Fortaleza, Caminhos de Santiago e Gastronomia em destaque na BTL

O Município de Valença está a marcar presença na maior feira de promoção turística do país. A Bolsa de Turismo de Lisboa (BTL) decorre até este domingo, 3 de março, na Feira Internacional de Lisboa (FIL), no Parque das Nações. O evento conta com a participação de 400 expositores e de mais de 1.400 entidades.

Regional 1 Março, 2024

Feira de troca de sementes decorre no sábado em Paredes de Coura

A décima edição da feira de troca de sementes de Paredes de Coura decorre este sábado, 2 de março, na Casa do Conhecimento e na escola secundária para “consciencializar os mais jovens para a importância da preservação da biodiversidade, foi, esta quinta-feira, divulgado.