Logo
Nacional

Portugal viverá “muitas dificuldades” até final de 2024 na cobertura de médicos de família

5 Setembro, 2023 | 15:06
Partilhar
Viana TV
3 min. leitura

O ministro da Saúde admitiu hoje que Portugal viverá “muitas dificuldades” até final de 2024 relativamente à cobertura de médicos de família, embora esteja a formar profissionais, mas a formação “começou tarde”.

“Admito que até final de 2024 vamos ainda viver muitas dificuldades porque o tema é saber se os que vamos recrutar conseguem compensar o número muito significativo de médicos que atingem a idade da reforma”, disse Manuel Pizarro.

“As dificuldades que temos tido em assegurar cobertura plena nos cuidados de saúde primários tem a ver com o facto de estes anos, algures entre 2020 e o final de 2024, são os anos em que se vão reformar os grandes cursos médicos da segunda metade da década de 70”, explicou o ministro.

Falando em “fosso geracional”, Manuel Pizarro acrescentou que atualmente estão a ser formados os profissionais necessários, mas admitiu que as dificuldades se manterão. “Começamos tarde demais a fazê-lo e não conseguimos essa compensação”, resumiu.

Quanto a concursos, Pizarro recordou que em maio deste ano, no concurso para jovens especialistas de medicina geral e familiar foram recrutados 314 especialistas, o que significa “um pouco mais de 90% dos que tinham acabado a especialidade no final de 2022”.

Em novembro, para o mesmo efeito, será lançado um novo concurso mas de dimensão inferior.

E em 2024 um terceiro para médicos que acabarem a formação no próximo ano.

“É algo com que temos de lidar. Combinamos a medida do encorajamento ao recrutamento com a medida da generalização das unidades de saúde familiar com remuneração associada ao desempenho. Uma das componentes associada ao desempenho é o alargamento da lista de utentes”, referiu.

Também questionado sobre as greves e manifestações de médicos que têm vindo a decorrer, Manuel Pizarro admitiu preocupação quanto às manifestações de descontentamento, dada a “importância dos recursos humanos no Serviço Nacional de Saúde”, mas mostrou-se esperançado numa “aproximação de posições”.

“Posso assegurar que o Governo faz o esforço possível para nos aproximarmos e posições que sejam vantajosas para os utilizadores do Serviço Nacional de Saúde, esses têm de estar no centro da nossa preocupação, e sejam também compensadoras para os nossos profissionais. Tenho a expectativa que do dialogo – não sei se sai um acordo definitivo e total – mas sai uma aproximação de posições”, concluiu.

Estas declarações aconteceram no final de uma conferência de imprensa que serviu para apresentar futuro escritório para a Tecnologia da Saúde, Robótica e Empreendedorismo da OMS, momento integrado num simpósio de dois dias que está a decorrer numa unidade hoteleira no Porto.

À entrada para as conferências, Pizarro foi confrontado à porta com uma manifestação de médicos organizada pela Federação Nacional dos Médicos (Fnam) que chamou à ação flashmob.

O protesto marcou também o arranque de uma caravana que vai percorrer o país, para reforçar a mobilização dos médicos, para que não façam mais do que as 150 horas extraordinárias obrigatórias por ano e para mapear a “situação dramática” que se vive em várias unidades de saúde.

No decorrer do protesto, a presidente da Fnam, Joana Bordalo e Sá, foi ouvida por Hans Kluge, diretor regional da OMS/Europa, que, acompanhado pelo ministro da Saúde, Manuel Pizarro, se deslocou junto do grupo de médicos.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 14 Junho, 2024

Viana do Castelo recebe três prémios cinco estrelas

Viana do Castelo volta a estar em destaque na 7ª edição do Prémio Cinco Estrelas Regiões – 2024 ao vencer com três ícones do Município: na categoria Festas / Feiras / Romarias foi vencedora a Romaria Sra. d’Agonia, na categoria Museus venceu o Museu do Traje e na categoria Monumentos o destaque vai para o Santuário do Sagrado Coração de Jesus.

Regional 14 Junho, 2024

Equipas do Politécnico de Viana do Castelo conquistam o pódio em Projetos de Inovação Pedagógica

O Politécnico de Viana do Castelo venceu o primeiro e o terceiro lugares pelos projetos inovadores e empreendedores, desenvolvidos por estudantes da Escola Superior Agrária e da Escola Superior de Ciências Empresariais, no âmbito do PIP – Projeto de Inovação Pedagógica, que junta o IPVC e o IPB.

Regional 14 Junho, 2024

CIM Alto Minho promove sessão de esclarecimento sobre apoios na área da inovação social

Decorreu em Viana do Castelo, uma sessão de esclarecimento dedicada ao Aviso NORTE2030-2024-8 "Parcerias para a Inovação Social", aberto no âmbito do Norte 2030 – Programa Operacional Regional do Norte 2021-2027, para apoiar projetos inovadores com impactos sociais positivos.

Regional 14 Junho, 2024

Projeto para demolir habitações em risco na costa de Esposende concluído até dezembro

O projeto de execução para demolição das construções em risco em Cedovém, em Esposende, cuja conclusão esteve prevista para final de 2023, vai avançar, após aval do novo Governo, prevendo-se a sua conclusão até dezembro, foi hoje revelado.

Regional 14 Junho, 2024

APA defende interesse público de linha de Alta Tensão contestada por autarcas do Alto Minho

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) revelou que invocou em tribunal o interesse público para impedir o adiamento do licenciamento e avanço da linha de alta tensão Ponte de Lima-Fontefria (Galiza), contestada por autarcas do Alto Minho.

Desporto 13 Junho, 2024

Pinto da Costa esteve a ver o hóquei ao lado do mecânico da Juventude Viana

Pinto da Costa, ex-presidente do FC Porto, esteve no Dragão Arena a assistir ao confronto contra o Sporting, para as meias-finais do Campeonato Placard de hóquei em patins. O histórico presidente dos dragões esteve sentado ao lado do mecânico e técnico de equipamentos da Juventude Viana.

Regional 13 Junho, 2024

Homem de 47 anos colhido mortalmente por comboio em Barcelos

Um homem de 47 anos foi hoje colhido mortalmente por um comboio junto a um viaduto na freguesia de Carreira, Barcelos.