Logo
Nacional

Nenhum recém-nascido pode sair da maternidade sem registo e sem número de utente

10 Junho, 2023 | 15:15
Partilhar
Eduarda Alves
2 min. leitura

As autoridades de saúde definiram um procedimento extraordinário para assegurar que nenhum recém-nascido tenha alta hospitalar sem estar no Registo Nacional de Utente e sem atribuição de Número Nacional de Utente.

Numa circular normativa conjunta, publicada na página da DGS, a Direção-Geral da Saúde e a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) estabelecem um procedimento extraordinário “para que nenhuma criança fique para trás”.

“No caso das crianças cujos progenitores se encontram em situação irregular de residência, o registo no RNU [Registo Nacional de Utente] deve também ser realizado, não resultando desse facto nenhum prejuízo para os progenitores”, refere a circular.

Desde 01 de junho de 2016, os estabelecimentos prestadores de cuidados de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) asseguram a inscrição dos recém-nascidos através do registo no RNU e inscrição numa unidade de saúde de cuidados de saúde primários, após o seu registo civil por via do processo Nascer Cidadão.

As autoridades de saúde explicam que, até agora, nas situações excecionais em que não era possível fazer o registo civil do recém-nascido antes da alta da maternidade, não era possível atribuir-lhe o número de utente, que permite a monitorização da vigilância de saúde e da vacinação desde a alta maternidade.

Assim, a título extraordinário, sempre que não for possível o registo civil do recém-nascido por via do processo Nascer Cidadão até ao momento da alta, os estabelecimentos de cuidados de saúde do SNS terão de proceder obrigatoriamente ao Registo do Recém-Nascido no webRNU (preenchimento da ficha de Utente), para a atribuição do Número Nacional de Utente e a inscrição numa unidade de saúde de cuidados primários.

Terão ainda de emitir a Declaração da Maternidade a todos os recém-nascidos, da qual passará a constar o Número Nacional de Utente que, no caso de cidadão de nacionalidade portuguesa, será integrado no futuro Cartão de Cidadão a ser emitido pelo Instituto de Registos e Notariado (IRN).

No momento da Declaração do Nascimento, deverá ser apresentado junto do IRN a Declaração da Maternidade onde o parto ocorreu (emitida pela unidade de saúde e assinada pelos respetivos serviços), que irá comprovar o nascimento do recém-nascido (local, dia e hora), identificar os seus pais (pode ser só possível identificar a mãe) e o bebé (nome, sexo, data de nascimento, naturalidade) e indicar o Número Nacional de Utente do recém-nascido atribuído pelos serviços de saúde.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 20 Maio, 2024

“Bendas de Bagageira” está de regresso a Vila Praia de Âncora

A 2ª edição da "Bendas de Bagageira" da Quinta da Quinhas e Hotel Meira, em Vila Praia de Âncora acontece este domingo dia 26 de maio.

Nacional 20 Maio, 2024

Fisco alerta para mensagens falsas sobre pagamento de coimas

Alguns contribuintes estão a receber mensagens escritas (SMS) para pagarem determinada quantia a título de coimas ou contraordenações, o que levou a Autoridade Tributária e lançar um alerta avisando de que estas mensagens são falsas.

Regional 20 Maio, 2024

Palco das Artes acolhe abertura do 14º FITAVALE este sábado

Entre 25 de maio e 29 de junho, as Comédias do Minho celebram o seu 20º aniversário com um FITAVALE diferente. Os grupos de teatro amador do Vale do Minho apresentam cinco espetáculos que refletem sobre a ideia de “CASA”, desde a folha em branco à ocupação de um espaço.

Regional 20 Maio, 2024

Praça da Liberdade recebe Wine & Blues Festival este fim-de-semana

É já este fim-de-semana, dias 24 e 25 de maio, que a Praça da Liberdade de Viana do Castelo recebe o Wine & Blues Festival, numa edição que conta com várias novidades.

Nacional 20 Maio, 2024

Portugal esgota quota do carapau e pesca fecha esta terça-feira

A frota portuguesa esgotou a quota de pesca de carapau, na zona do Golfo da Biscaia Meridional, ficando estas capturas proibidas a partir de terça-feira, anunciou hoje a Direção-Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM).

Regional 20 Maio, 2024

Época balnear em Caminha arranca com mais três bandeiras Qualidade de Ouro e cinco Azuis

A época balnear 2024 no concelho de Caminha vai arrancar num patamar de elevada qualidade, com mais três bandeiras Qualidade de Ouro e cinco Bandeiras Azuis.

Regional 20 Maio, 2024

Caminhada sénior assinalou “Maio, Mês do Coração” em Valença

No âmbito do programa “Maio, Mês do Coração” decorreu uma caminhada sénior, na marginal do rio Minho, na Senhora da Cabeça, em Cristelo Covo, no passado dia 10 de maio, com a participação de 80 seniores valencianos.