Logo
Regional

Município de Vila Nova de Cerveira foi distinguido pelo Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2022

2 Novembro, 2023 | 11:20
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

Vila Nova de Cerveira ocupa os lugares cimeiros na lista dos municípios do Alto Minho que demonstram melhor eficiência económico-financeira, segundo o Anuário Financeiro dos Municípios Portugueses 2022, tornado público no passado dia 28 de setembro.

Na elaboração deste ranking da responsabilidade do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade do Instituto Politécnico do Cávado e do Ave e do Centro de Investigação em Ciência Política da Universidade do Minho, e que conta com o apoio da Ordem dos Contabilistas Certificados e do Tribunal de Contas, os autores tiveram em linha de conta o desempenho dos municípios em 10 indicadores, a saber: índice de Liquidez; razão entre o EBITDA e os Proveitos Operacionais; peso Passivo exigível no Ativo; passivo por habitante; grau de cobertura das despesas: despesa comprometida / receita liquidada líquida; Prazo Médio de Pagamentos; grau de execução do saldo efetivo, na ótica dos compromissos; índice de Dívida Total; índice de Superavit e impostos diretos por habitante.

De acordo com o Anuário, o Município Cerveirense apresenta dados positivos em vários indicadores, desde logo, no que ao “Índice de Liquidez” diz respeito, já que, enquanto em 2021 se situava nos 183,1%, em 2022 subiu para 278,9% (um dos melhores do distrito, figurando no 3º lugar); no que concerne ao “Peso do Passivo exigível no Ativo”, em 2022, situa-se nos 13,9% (sendo o 2º melhor do Alto Minho); já no tocante ao “Índice de Divida Total”, enquanto em 2021 era de 46,4%, no ano de 2022 desceu para os 37,0% (surgindo como o 3º melhor entre os 10 municípios do Alto-Minhotos); quanto ao “Prazo Médio de Pagamentos”, o Município de Vila Nova de Cerveira, em 2022, continua a figurar no grupo de municípios com prazo médio de pagamentos inferior a 30 dias.

De sublinhar que, no que à população se refere, o Município de Vila Nova de Cerveira obtém mais um indicador positivo, mantendo uma tendência de crescimento populacional, passando de 8 923 habitantes em 2021 para 9 175 em 2022 (mais 252 indivíduos em apenas um ano).

Na ótica do Presidente da Câmara Municipal, Rui Teixeira, “estes resultados são o corolário dos esforços efetuados pelo Executivo
Municipal na boa gestão das contas municipais, com máxima eficácia e eficiência na gestão dos dinheiros públicos, enquanto princípios basilares da gestão autárquica”.

Já no “Relatório Norte Estrutura”, recentemente publicado, que analisa as empresas do setor exportador do Norte em 2021, o Município de Vila Nova de Cerveira destaca-se no TOP 3 entre os municípios onde o setor exportador tem um maior peso relativo na economia local (sabendo-se que, geralmente, as economias mais abertas ao exterior localizam-se em municípios de média dimensão fora dos territórios de baixa densidade, onde o setor industrial é predominante), representando 87,2% do volume de negócios das empresas do município, seguido de Oliveira de Azeméis (68%) e de São João da Madeira (67,5%), estes dois municípios no distrito de Aveiro.

De referir que os resultados económicos patentes neste Relatório levaram o Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), António Cunha, a considerar que “o Norte é a região industrial e exportadora do país, e que esta é uma tendência ascendente”, permitindo diagnosticar oportunidades no setor.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 21 Maio, 2024

Governo pede urgência em inquérito à morte de doente no hospital de Viana do Castelo

O Ministério da Saúde pediu que o inquérito aberto pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho para apurar as circunstâncias da morte de um doente no hospital de Viana do Castelo “decorra com a urgência desejável”.

Regional 21 Maio, 2024

Três hectares de baldios em Arcos de Valdevez reflorestados com 1.350 laranjeiras

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e Ermelo, em Arcos de Valdevez, plantaram hoje mais de 1.350 laranjeiras em três hectares de terrenos atravessados por linhas de transporte e energia.

Regional 21 Maio, 2024

Foco de surto de ‘legionella’ em Caminha que causou um morto ficou por identificar

O surto de ‘legionella’ que surgiu em novembro em Caminha afetou 10 pessoas, provocou um óbito e a fonte de contaminação não foi identificada, revelou hoje à Lusa o delegado de Saúde do Alto Minho.

Regional 21 Maio, 2024

Hospital de Viana do Castelo abre inquérito à morte de doente na urgência

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho abriu um processo de inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um homem na urgência do hospital de Viana do Castelo, na sexta-feira, a quem foi atribuída a pulseira verde.

Regional 21 Maio, 2024

CIM Alto Minho formaliza assinatura do Compromisso C-Academy com CNCS

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) acabam de formalizar a assinatura do Compromisso C-Academy, que comtempla o desenvolvimento de um programa de formação avançada em cibersegurança destinado a colaboradores das câmaras municipais e da comunidade intermunicipal.

Regional 21 Maio, 2024

Caminha: Presidente da APIMIL explicou perigos da proliferação da Vespa Asiática e métodos de combate

A vespa velutina ou asiática veio para ficar e as alterações climáticas vão alargar as áreas onde a espécie está presente. São perigosas, têm enorme impacto nos apiários, na economia, no ambiente e até na saúde pública, mas a boa notícia é que são controláveis e com relativa facilidade, através de “armadilhas” que todos temos em casa. A ideia poderia de alguma forma sintetizar a comunicação do presidente da APIMIL - Associação dos Apicultores de Entre-Minho e Lima, Alberto Dias, ontem, na sessão que assinalou o Dia Mundial da Abelha e que teve lugar na Incubadora Verde, em Argela.

Cultura 21 Maio, 2024

“Cantar de Galo” sobe ao palco do centro cultural de Paredes de Coura 

Esta sexta-feira, dia 24 de maio, a companhia Mala Voadora traz a Paredes de Coura a sua recente estreia "Cantar de Galo", que culmina numa discussão entre o Galo de Barcelos e Salazar. Um "solo" de Jorge Andrade com texto do Pulitzer Robert Schenkkan, no Centro Cultural, às 21h30.