Logo
Nacional

Mais de 1,7 milhões de cães e gatos registados em quatro anos

27 Outubro, 2023 | 14:59
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

O Sistema de Informação de Animais de Companhia (SIAC) tem identificados, desde que foi criado há quatro anos, 1.075.467 cães, 629.519 gatos e 1.907 furões, estando a ser preparada uma nova campanha de sensibilização.

De acordo com dados fornecidos à agência Lusa pelo SIAC, este ano e até à semana passada foram identificados 192.725 cães, 133.585 gatos e 392 furões.

Estes dados foram pedidos quando passa um ano sobre o fim do período transitório de 36 meses para a identificação de gatos e furões que tenham nascido antes da entrada em vigor do decreto-lei de outubro de 2019, que determina a obrigatoriedade de registo.

Partindo do princípio de que ainda há muitos animais por identificar, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) disse à Lusa que está “prevista uma campanha de sensibilização a lançar no início do próximo ano, com o objetivo de alertar para a posse responsável de animais de companhia, mas também para a sua identificação.

O ICNF adiantou que no final deste ano será conhecido o resultado do Programa Censo Nacional de Animais Errantes, para o qual foi estabelecido em 2021 um protocolo com a Universidade de Aveiro.

“Com este censo pretende-se conhecer os efetivos e o bem-estar dos animais errantes (cães e gatos) que deambulam pelo domínio público, além de determinar os possíveis impactos, à escala nacional”, indica a Universidade, no seu ‘site’

Com a identificação de animais de companhia, quer-se “contrariar o abandono e as suas consequências para a saúde e a segurança das pessoas e o bem-estar dos animais”.

O SIAC tem atualmente abertos 3.079 processos de animais encontrados e 27.050 processos de animais perdidos.

A fonte do SIAC alerta para a leitura cuidada destes números, uma vez que “sempre que é aberto um processo de animal perdido ou um processo de animal encontrado por terceiros é solicitado ao participante que, uma vez o animal devolvido ao seu titular, seja comunicado de forma a se poder encerrar o processo”, o que nem sempre acontece.

O Sistema de Informação de Animais de Companhia resulta da fusão do Sistema de Identificação e Recuperação Animal (SIRA), a funcionar desde 1992, e do Sistema de Identificação e Registo de Caninos e Felinos (SICAFE), criado em 2003.

Somando os dados dos dois sistemas com os do SIAC, estão identificados 3.277.275 cães e 761.296 gatos, contudo os ‘donos’ dos animais nem sempre comunicam a morte dos animais.

O ICNF alerta ainda que além da colocação de um ‘microchip’ no animal é necessário o registo no SIAC.

“Infelizmente há quem continue a colocar ‘microchips’ sem os registar [animais], o que no fundo ‘não serve para nada’ porque em caso de perda, furto, abandono não se consegue chegar ao titular do animal.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 21 Maio, 2024

Governo pede urgência em inquérito à morte de doente no hospital de Viana do Castelo

O Ministério da Saúde pediu que o inquérito aberto pela Unidade Local de Saúde do Alto Minho para apurar as circunstâncias da morte de um doente no hospital de Viana do Castelo “decorra com a urgência desejável”.

Regional 21 Maio, 2024

Três hectares de baldios em Arcos de Valdevez reflorestados com 1.350 laranjeiras

A REN – Redes Energéticas Nacionais e a União de Freguesias de São Jorge e Ermelo, em Arcos de Valdevez, plantaram hoje mais de 1.350 laranjeiras em três hectares de terrenos atravessados por linhas de transporte e energia.

Regional 21 Maio, 2024

Foco de surto de ‘legionella’ em Caminha que causou um morto ficou por identificar

O surto de ‘legionella’ que surgiu em novembro em Caminha afetou 10 pessoas, provocou um óbito e a fonte de contaminação não foi identificada, revelou hoje à Lusa o delegado de Saúde do Alto Minho.

Regional 21 Maio, 2024

Hospital de Viana do Castelo abre inquérito à morte de doente na urgência

A Unidade Local de Saúde do Alto Minho abriu um processo de inquérito para apurar as circunstâncias da morte de um homem na urgência do hospital de Viana do Castelo, na sexta-feira, a quem foi atribuída a pulseira verde.

Regional 21 Maio, 2024

CIM Alto Minho formaliza assinatura do Compromisso C-Academy com CNCS

A Comunidade Intermunicipal do Alto Minho (CIM Alto Minho) e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) acabam de formalizar a assinatura do Compromisso C-Academy, que comtempla o desenvolvimento de um programa de formação avançada em cibersegurança destinado a colaboradores das câmaras municipais e da comunidade intermunicipal.

Regional 21 Maio, 2024

Caminha: Presidente da APIMIL explicou perigos da proliferação da Vespa Asiática e métodos de combate

A vespa velutina ou asiática veio para ficar e as alterações climáticas vão alargar as áreas onde a espécie está presente. São perigosas, têm enorme impacto nos apiários, na economia, no ambiente e até na saúde pública, mas a boa notícia é que são controláveis e com relativa facilidade, através de “armadilhas” que todos temos em casa. A ideia poderia de alguma forma sintetizar a comunicação do presidente da APIMIL - Associação dos Apicultores de Entre-Minho e Lima, Alberto Dias, ontem, na sessão que assinalou o Dia Mundial da Abelha e que teve lugar na Incubadora Verde, em Argela.

Cultura 21 Maio, 2024

“Cantar de Galo” sobe ao palco do centro cultural de Paredes de Coura 

Esta sexta-feira, dia 24 de maio, a companhia Mala Voadora traz a Paredes de Coura a sua recente estreia "Cantar de Galo", que culmina numa discussão entre o Galo de Barcelos e Salazar. Um "solo" de Jorge Andrade com texto do Pulitzer Robert Schenkkan, no Centro Cultural, às 21h30.