Logo
Regional

Julgamento do ex-presidente da Câmara de Caminha conhece decisão do tribunal

15 Fevereiro, 2024 | 11:13
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

O julgamento do ex-presidente da Câmara de Caminha, Miguel Alves e da empresária Manuela Sousa, acusados pelo Ministério Público (MP) do crime de prevaricação, vai conhecer hoje a decisão do tribunal de Viana do Castelo. A leitura do acórdão está marcada para as 13h50.

Em janeiro, nas alegações finais, o MP pediu a condenação dos dois arguidos, acusados, em coautoria, de prevaricação de titular de cargo político.

A procuradora do MP defendeu que a prova documental e as regras da experiência validaram os factos que constam na acusação.

“Condenando, este Tribunal fará justiça”, afirmou.

O MP acusa Miguel Alves – que se demitiu do cargo de secretário de Estado Adjunto do primeiro-ministro após saber da acusação – de ter violado as normas de contratação pública quando acordou com a empresária serviços de assessoria de comunicação para o município (no distrito de Viana do Castelo) “sem qualquer procedimento de contratação pública”.

O despacho de acusação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) Regional do Porto, a que a Lusa teve acesso, refere que o processo teve origem numa “denúncia anónima efetuada no Portal do DCIAP [Departamento Central de Investigação e Ação Penal]”, em 03 de julho de 2019.

Segundo a acusação, em 2014, Miguel Alves e Manuela Sousa, que à data dos factos usava o apelido Couto, “mantiveram contactos com vista à prestação de serviços de comunicação, gestão de imagem e assessoria de comunicação à autarquia pelas sociedades MIT e Mediana”, detidas e controladas pela arguida.

Para o advogado do ex-autarca Miguel Alves, a matéria de facto produzida em sede de julgamento “não suporta a acusação” e apontou que casos como este “descredibilizam as instituições, abalam o sistema democrático e são inimigos do Estado de Direito”.

José João Torrinha disse que o coletivo de juízes “não só fará justiça”, absolvendo o ex-autarca, como “contribuirá ativamente para o prestígio da justiça e para a defesa do Estado de Direito”.

O advogado da empresária assentou a sua estratégia de defesa no facto de para haver prevaricação teria de existir um contrato para os trabalhos realizados antes de abril de 2015, data do primeiro procedimento contratual entre a autarquia e a empresa de Manuela Sousa.

“Não há prevaricação do ponto de vista criminal, porque não há processo contratual”, reforçou Nuno Brandão, pedindo a absolvição da empresária.

No início do julgamento, tanto Miguel Alves como Manuela Sousa negaram qualquer irregularidade na contratação da empresa de assessoria de comunicação.

“Se cometi alguma irregularidade foi com a empresa [de Manuela Sousa]”, referiu Miguel Alves durante o julgamento, admitindo em tribunal que se aproveitou da empresa porque, sabendo da sua expectativa em conseguir um contrato com a Câmara de Caminha, fazia o “jogo do gato e do rato”.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Cultura 21 Julho, 2024

Feira do Livro de Ponte de Lima termina hoje

A XVIII Feira do Livro de Ponte de Lima, a decorrer na Expolima, termina hoje.

Música 20 Julho, 2024

Banda vianense estreia-se na Casa da Música

A banda Coisa Mansa, com músicos de Viana do Castelo, vai estar no Porto, na Casa da Música, no evento "Verão da Casa", iniciativa que, até setembro, dá palco a dezenas de propostas musicais em diferentes formatos.

Desporto 20 Julho, 2024

Ponte de Lima homenageia Fernando Pimenta e Hélio Lucas com mural de Arte Urbana

O Município de Ponte de Lima promoveu a execução de um mural de Arte Urbana em homenagem a Fernando Pimenta e Hélio Lucas, num dos pilares da Ponte Nossa Senhora da Guia.

Nacional 20 Julho, 2024

Tribunal decreta serviços mínimos para greve na CP dias 22 e 24 de julho

O Tribunal Arbitral decretou serviços mínimos de 20% para a greve na CP - Comboios de Portugal, convocada por vários sindicatos, entre as 00h00 e as 24h00 dos dias 22 e 24 de julho.

Regional 20 Julho, 2024

Mulher de 30 anos residente em Mazarefes foi detida pela PSP por suspeitas dos crimes de burla

Uma mulher de 30 anos, desempregada, residente na freguesia de Mazarefes, em Viana do Castelo, foi detida pela PSP, na sexta-feira, por suspeitas dos crimes de burla, furto, abuso de confiança, abuso de cartão de garantia ou dados de pagamento e falsidade informática.

Desporto 20 Julho, 2024

Portugal joga com Azerbaijão nos play-offs de acesso ao Euro2025 feminino

A seleção portuguesa feminina de futebol vai defrontar o Azerbaijão na primeira ronda dos play-offs de acesso ao Campeonato da Europa de 2025, ditou o sorteio realizado na sede da UEFA, em Nyon, na Suíça.

Internacional 20 Julho, 2024

Bienal Internacional de Arte de Cerveira começa hoje a refletir sobre Liberdade

A XXIII Bienal Internacional de Arte de Cerveira realiza-se entre hoje e 30 de dezembro, com um convite para artistas e pensadores refletirem sobre a Liberdade e tem 56 obras de 12 países em concurso, revelou a organização.