Logo
Nacional

GNR vai reforçar vigilância e fiscalização da floresta até ao fim de novembro

13 Fevereiro, 2024 | 9:25
Partilhar
Pedro Xavier
1 min. leitura

A Guarda Nacional Republicana (GNR) realiza até 30 de novembro a Operação "Floresta Segura 2024", reforçando ações de sensibilização, vigilância e fiscalização das zonas florestais no âmbito da prevenção e deteção de incêndios rurais.

Em comunicado, a GNR adianta que a operação, que teve início na quinta-feira e termina em 30 de novembro, visa igualmente a “investigação de causas e os crimes de incêndio florestal e validação das áreas ardidas, para prevenir, detetar, combater e reprimir atividades ilícitas, garantindo a segurança das populações, dos seus bens e a preservação do património florestal”.

De acordo com a GNR, desde o ano de 2013 e até 2023, verificou-se uma evolução positiva no que diz respeito à redução, não só do número de ignições, mas também da própria área ardida, registando-se menos 46% de incêndios rurais e menos 72% de área ardida, relativamente à média anual do período.

O ano de 2023 apresentou, segundo a GNR, o valor mais reduzido em número de incêndios rurais e o 3.º valor mais baixo no que à área ardida diz respeito, desde 2013.

Quanto às causas dos incêndios, a guarda indica que a realização de queimas e queimadas representam cerca de 32% das situações.

“Nesse sentido e para 2024, constitui uma prioridade reduzir o número de ignições, através de ações de sensibilização e demonstração do uso correto do fogo, particularmente direcionada aos concelhos em que se contabilizaram mais de 100 ignições, nomeadamente, Ponte da Barca, Paredes, Vila Nova de Gaia, Amarante, Penafiel, Lousada, Gondomar, Montalegre, Fafe, Arcos de Valdevez, Vila Verde e Marco de Canaveses”, refere a GNR.

As ações terão a colaboração da Agência para a Gestão Integrada de Fogos Rurais (AGIF), do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF) e da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC).

Na operação “Floresta Segura 2023”, a GNR deteve 63 pessoas e identificou 970 pelo crime de incêndio florestal, tendo sido registadas 3.292 contraordenações por queimas, falta de limpeza de terrenos e queimadas.

Num balanço da operação “Floresta Segura 2023”, a GNR referiu que no ano passado foram registados 4.332 crimes de incêndio florestal.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 5 Março, 2024

Associação denuncia falta de medicação para artrite reumatóide na ULS do Alto Minho

A presidente da Associação dos Doentes com Artrite Reumatoide (ANDAR), Arsisete Saraiva, denunciou hoje que a Unidade Local de Saúde do Alto Minho (ULSAM) não está a disponibilizar o tratamento para a artrite reumatoide.

Regional 5 Março, 2024

Explicador de Matemática de Viana do Castelo volta a abusar de menores e é preso pela PJ

A Polícia Judiciária (PJ) anunciou hoje a detenção de um homem de 48 anos de idade, residente no concelho de Viana do Castelo, suspeito da prática de crimes de abuso sexual de menores dependentes ou em situação vulnerável.

Nacional 5 Março, 2024

Portugal regista o 2.º maior consumo do mundo de fármaco para insónias

Portugal registou em 2022 o segundo maior consumo do mundo do fármaco de combate à insónia zolpidem, e um dos maiores do anestésico e sedativo cetamina, segundo o relatório do Conselho Internacional para o Controlo de Narcóticos (INCB).

Desporto 5 Março, 2024

Atleta da APPACDM conquista medalha de bronze no primeiro dia do “Virtus European Winter Games”

Jorge Miguel Sousa, atleta da Associação Portuguesa de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental (APPACDM) de Viana do Castelo, está a representar Portugal no Campeonato do Mundo e da Europa de Remo Indoor VIRTUS, tendo conquistado já uma medalha de bronze esta segunda-feira. A competição decorre até esta sexta-feira, 8 de março, em Zakopane, na Polónia. 

Nacional 5 Março, 2024

5G: Tecnologia em todos os concelhos e 69% das freguesias no final de dezembro

A tecnologia 5G chegava "a todos os concelhos" de Portugal e a "69% das freguesias" no final do ano passado, de acordo com dados hoje divulgados pela Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom).

Nacional 5 Março, 2024

Viana do Castelo sob aviso amarelo na quinta-feira

Viana do Castelo está entre os dez distritos do continente sob aviso amarelo, a partir de quinta-feira, 7 de março, devido à previsão de agitação marítima. A informação foi avançada pelo Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Regional 5 Março, 2024

Plano de salvaguarda de branda em Monção vai para discussão pública

O Plano de Pormenor de Salvaguarda da branda de Santo António de Vale de Poldros, Riba de Mouro, Monção, entra em consulta pública, na próxima terça-feira, por 20 dias úteis, segundo o aviso hoje publicado em Diário da República.