Logo
Regional

Fortaleza de Valença adoça Portugal e Espanha

4 Dezembro, 2023 | 17:34
Partilhar
Eduarda Alves
1 min. leitura

Durante o fim de semana, a Fortaleza de Valença recebeu cerca de 42.500 visitantes, no arranque da programação de Natal, com a Fortaleza de Chocolate a conquistar portugueses e espanhóis.

Os primeiros três dias da Fortaleza de Chocolate bateram recordes de visitantes que percorreram a Fortaleza do Chocolate, a Duendelândia e o Mercado de Natal.

Se na sexta a grande maioria dos visitantes foram portugueses, no sábado e domingo foram muitos os espanhóis que percorreram Valença.

O sistema de contagem de entrada de pessoas na Fortaleza registou o maior pico de afluência no sábado, 2 de dezembro, entre as 16h00 e as 17h00, onde no total, foram mais de 42.500 visitantes registados.

Esperam-se muitos visitantes ao longo de toda a semana, sobretudo, quarta-feira, feriado em Espanha e no fim de semana prolongado de 8 a 10 de dezembro, com o feriado de 8 de dezembro em Portugal e Espanha.

Para José Manuel Carpinteira, Presidente da Câmara Municipal de Valença “a Fortaleza de
Chocolate e demais animação de Natal estão a encantar os valencianos e os visitantes portugueses e espanhóis que animam a cidade e dinamizam a atividade económica, sobretudo os setores da restauração e hotelaria”.

Cascatas, fondues, crepes, waffles, farturas, brigadeiros, trufas, bombons, torrões, espetadas de fruta, bombocas, ginjinhas e tantos outros produtos encantam na Fortaleza de Chocolate e convidam a visitar Valença.

Até domingo, 10 de dezembro,  a Fortaleza de Chocolate vai funcionar  dez horas por dia, das 10h00 às 20h00, dedicada em exclusivo à degustação e compra de produtos à base de chocolate.

A animação de rua itinerante, pretende complementar o evento, que ocorre no interior da Fortaleza.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Desporto 24 Fevereiro, 2024

Vianense recebe Sanjoanense na luta pela manutenção na Liga 3

A Liga 3 prossegue este fim-de-semana com a realização da 3.ª jornada da Fase de Apuramento de Campeão, bem como da segunda da Fase de Manutenção e Descida.

Regional 24 Fevereiro, 2024

Vila Nova de Cerveira abre novo Centro de Apoio à Integração de Migrantes

A Câmara de Vila Nova de Cerveira abriu no centro de Transportes um novo Centro Local de Apoio à Integração de Migrantes (CLAIM), que aumentaram nas “freguesias mais próximas da sede do concelho”.

Nacional 24 Fevereiro, 2024

Conselho Nacional da CGTP eleito com 98% dos votos

O Conselho Nacional da CGTP, composto por 147 dirigentes, foi eleito com 98% dos votos, no XV congresso da central sindical, que se realiza na Torre da Marinha, Seixal.

Desporto 24 Fevereiro, 2024

Liga Europa: Sporting reencontra Atalanta, Benfica defronta Rangers

O Sporting reencontra os italianos da Atalanta, que já defrontou na fase de grupos, nos oitavos de final da Liga Europa, e o Benfica defronta o Rangers, assim ditou o sorteio realizado em Nyon, na Suíça.

Música 23 Fevereiro, 2024

Escola do Rock de Paredes de Coura arranca celebração dos 10 anos em Castelo de Paiva

A Escola do Rock de Paredes de Coura promove, este fim de semana, nos dias 24 e 25 de fevereiro,  em Castelo de Paiva, no distrito de Aveiro, uma residência de intercâmbio entre alunos daquela residência intensiva e da academia de música local.

Regional 23 Fevereiro, 2024

Valença reuniu com a GNR local e de Viana para analisar a segurança do concelho

O Município de Valença convocou os destacamentos territoriais de Valença e Viana do Castelo da Guarda Nacional Republicana (GNR) para uma reunião de análise da situação atual da segurança do concelho.

Regional 23 Fevereiro, 2024

Pouca lampreia no Alto Minho vendida a cerca de 100 euros

A Associação Profissional de Pescas do Rio Minho e Mar afirmou hoje que “está a ser um ano complicado” para a pesca da lampreia, que é pouca, sendo vendida, face à elevada procura, entre os 70 a 100 euros.