Logo
Nacional

Escolas públicas perderam quase 10 mil docentes numa década

21 Setembro, 2023 | 10:46
Partilhar
Viana TV
2 min. leitura

As escolas públicas perderam quase 10 mil docentes numa década e a maior quebra foi até 2014, segundo dados recentemente divulgados que mostram também uma classe docente cada vez mais envelhecida em todos os ciclos de ensino.

Os dados constam do Perfil do Docente 2021/2022, publicado este mês pela Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência (DGEEC), que caracteriza os educadores e professores, do pré-escolar ao ensino secundário.

Numa altura em a falta de professores nas escolas volta a estar em destaque — milhares de alunos iniciaram o ano letivo sem todos os docentes – o relatório revela que, numa década, o setor público perdeu 9.768 professores, a maioria nos 2.º e 3.º ciclos e no secundário.

No ano letivo 2021/2022, havia 21.139 professores do 2.º ciclo nas escolas públicas (menos 7.280 do que em 2011/2012) e 72.195 do 3.º ciclo e secundário (menos 3.258).

O período mais problemático foi até 2014. No 2.º ciclo, o número de professores caiu ano após ano entre 2011/2012 e 2014/2015, período em que as escolas perderam cerca de sete mil docentes, passando de 28.419 para 20.927.

A tendência foi semelhante no 3.º ciclo e secundário e, nesse caso, as escolas perderam mais de 10 mil docentes em apenas três anos letivos.

A partir de 2014/2015, as escolas foram conseguindo recuperar professores, mas os sucessivos aumentos não foram suficientes para se aproximarem dos números de 2011/2012, quando contavam com mais de 75 mil docentes, à semelhança do que aconteceu no 2.º ciclo.

Pelo contrário, as escolas públicas tinham, há dois anos, mais 409 professores no pré-escolar e mais 361 no 1.º ciclo, comparativamente a 2011/2012.

O problema da falta de professores poderá, no entanto, agravar-se nos próximos anos, uma vez que, de acordo com o mesmo relatório, a classe docente está cada vez mais envelhecida, tanto no setor público como no privado.

De acordo com os dados da DGEEC, a idade média dos professores aumentou significativamente em dez anos e, em 2021/2022, ultrapassava os 50 anos em todos os níveis de ensino, mas é no pré-escolar que a situação é mais grave.

No setor público, em cerca de 10 mil profissionais, quase 80% dos educadores do pré-escolar tinham mais de 50 anos, sendo que abaixo dos 30 anos contabilizavam-se apenas 14 educadores, o que não chega a representar 0,1%.

Entre os níveis de ensino com a classe docente mais envelhecida, seguem-se o 2.º ciclo, em que 62,6% tinham mais de 50 anos, o 3.º ciclo e secundário (60,4%) e o 1.º ciclo (47,6%). A percentagem de professores com menos de 30 anos não chegava aos 2% em qualquer um dos três.

Por região, as escolas com os docentes mais velhos localizam-se no Centro, onde a média de idades era 56 anos no pré-escolar, 54 anos no 2.º ciclo e 52 anos nos 1.º e 3.º ciclos e secundários.

Outro dos indicadores tratados no Perfil do Docente é o vínculo contratual e, desse ponto de vista, os dados mais recentes mostram duas tendências.

Por um lado, entre 2011/2012 e 2021/2022, houve um aumento do recurso a professores contratados no pré-escolar e 1.º ciclo, que representavam 20,2% e 17,3% do corpo docente das escolas, respetivamente.

Nos 2.º e 3.º ciclos e secundário, o recurso a contratados diminuiu ligeiramente, mas, ainda assim, representavam 21% do total no 2.º ciclo e 25,2% no 3.º ciclo e secundário.

Em todos os níveis de ensino, o recurso a professores contratados é mais significativo nas regiões do Algarve e Área Metropolitana de Lisboa, onde existe também maior carência.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Regional 14 Junho, 2024

Equipas do Politécnico de Viana do Castelo conquistam o pódio em Projetos de Inovação Pedagógica

O Politécnico de Viana do Castelo venceu o primeiro e o terceiro lugares pelos projetos inovadores e empreendedores, desenvolvidos por estudantes da Escola Superior Agrária e da Escola Superior de Ciências Empresariais, no âmbito do PIP – Projeto de Inovação Pedagógica, que junta o IPVC e o IPB.

Regional 14 Junho, 2024

CIM Alto Minho promove sessão de esclarecimento sobre apoios na área da inovação social

Decorreu em Viana do Castelo, uma sessão de esclarecimento dedicada ao Aviso NORTE2030-2024-8 "Parcerias para a Inovação Social", aberto no âmbito do Norte 2030 – Programa Operacional Regional do Norte 2021-2027, para apoiar projetos inovadores com impactos sociais positivos.

Regional 14 Junho, 2024

Projeto para demolir habitações em risco na costa de Esposende concluído até dezembro

O projeto de execução para demolição das construções em risco em Cedovém, em Esposende, cuja conclusão esteve prevista para final de 2023, vai avançar, após aval do novo Governo, prevendo-se a sua conclusão até dezembro, foi hoje revelado.

Regional 14 Junho, 2024

APA defende interesse público de linha de Alta Tensão contestada por autarcas do Alto Minho

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) revelou que invocou em tribunal o interesse público para impedir o adiamento do licenciamento e avanço da linha de alta tensão Ponte de Lima-Fontefria (Galiza), contestada por autarcas do Alto Minho.

Desporto 13 Junho, 2024

Pinto da Costa esteve a ver o hóquei ao lado do mecânico da Juventude Viana

Pinto da Costa, ex-presidente do FC Porto, esteve no Dragão Arena a assistir ao confronto contra o Sporting, para as meias-finais do Campeonato Placard de hóquei em patins. O histórico presidente dos dragões esteve sentado ao lado do mecânico e técnico de equipamentos da Juventude Viana.

Regional 13 Junho, 2024

Homem de 47 anos colhido mortalmente por comboio em Barcelos

Um homem de 47 anos foi hoje colhido mortalmente por um comboio junto a um viaduto na freguesia de Carreira, Barcelos.

Regional 13 Junho, 2024

Viana do Castelo aprova mais de 513 mil euros para apoio à atividade desportiva regular

A Câmara Municipal de Viana do Castelo aprovou, esta terça-feira, em reunião ordinária de executivo, duas propostas para apoio à atividade desportiva regular que ascendem a um valor global de 513.320 euros para os clubes e associações desportivas do concelho.