Logo
Regional

Bairro Comercial Digital de Viana do Castelo quer ser “como um centro comercial ao ar livre”

26 Janeiro, 2024 | 11:54
Partilhar
Viana TV
3 min. leitura

A Câmara Municipal de Viana do Castelo e a Associação Empresarial de Viana do Castelo promoveram uma sessão de apresentação do Bairro Comercial Digital a perto de uma centena de comerciantes.

O projeto representa um investimento de 1,3 milhões de euros, com o apoio do PRR, com o objetivo de transformar a zona histórica da cidade num verdadeiro “centro comercial ao ar livre”, tornando-a mais sofisticado e atrativo, com iniciativas criativas, lúdicas e várias inovações urbanísticas que vão promover a aplicação de tecnologias digitais centradas nas pessoas, criando espaços digitais para a vida urbana.

O presidente da Câmara Municipal de Viana do Castelo, Luís Nobre, agradeceu a mobilização dos comerciantes da cidade nesta fase que é de auscultação para definição do plano de ação do projeto, referindo que “em conjunto e comunicando, podemos fazer mais e melhor”.

“Temos de estar todos disponíveis para nos atualizarmos e adaptarmos às novas exigências dos visitantes, dos residentes e dos consumidores”, frisou o autarca.

Na abertura da sessão, o vereador com o pelouro da Inovação Digital, Ricardo Rego, indicou que a candidatura ao Bairro Comercial de Viana do Castelo mereceu um financiamento de 1,3 milhões de euros do PRR, num investimento “a executar até finais de 2025”.

“O conceito dos Bairros Comerciais Digitais não tem só a ver com o digital, pretende o evoluir e o atualizar de todo o processo do comércio e dos bairros”, indicou, assegurando que o projeto “será pensado como um shopping, como um centro comercial ao ar livre que pretende aumentar a capacidade, atratividade e afluência ao centro histórico”.

“O digital é complementar ao vosso processo de comercialização, não quer substituir o atendimento presencial” nos cerca de 420 estabelecimentos comerciais existentes na zona, disse Ricardo Rego. “A vertente da tecnologia será introduzida em toda a área do Bairro, que inicia junto ao antigo Governo Civil, pelo interior da linha de comboio, até ao Campo d’Agonia, mas esta não é uma área estanque e o objetivo é poder ramificar este projeto”, realçou.

O projeto é assumido como uma oportunidade de transformação digital e modernização económica dos estabelecimentos do Bairro Comercial Digital da zona histórica da cidade. A intenção do Município em requalificar e modernizar o espaço urbano da zona histórica, que é um dos principais pontos de interesse da cidade para todos os cidadãos, empresas e turistas, fez avançar esta candidatura à iniciativa Bairros Comerciais Digitais do PRR em 2022. Em 160 candidaturas ao PRR de várias cidades do País, Viana do Castelo ficou em terceiro lugar, com a aprovação de um investimento elegível de cerca de 1,3 milhões de euros.

O projeto prevê a existência de uma loja central do Bairro que servirá como unidade central, de gestão e monitorização, para tratar de todos os assuntos relativos ao Bairro. A utilização de sensores ambientais e plataformas de visualização de ocorrências promoverá uma descentralização na gestão e organização da cidade nesta área comercial.

Nesta zona, existirá um portfólio de serviços e equipamentos mais orientado para o consumidor, com uma identidade visual comum, montras digitais e mobiliário urbano inovador, expansão da rede pública de acesso à internet, e outro tipo de amenidade e um programa de eventos com vista à criação de um espaço moderno e atrativo, que promova a qualidade de vida e o bem-estar, e que revitalize o comércio tradicional, através das tecnologias digitais aplicadas à cultura e património da zona histórica.

Este projeto vai criar experiências de consumo, promovendo novas interações e transações comerciais entre as empresas e os seus clientes, que incluem os turistas, criando sinergias agregadoras de valor e dinamizadoras para o centro da cidade.

No inquérito realizado no âmbito da candidatura, mais de 70% dos comerciantes responderam favoravelmente à adoção de tecnologias digitais ao serviço do comércio local. Mais de 95% dos consumidores em Viana do Castelo realizam atualmente compras online, enquanto apenas 34,4% dos comerciantes vende online, pelo que o consumo digital se apresenta como uma oportunidade para os negócios.

A Blisq Creative é uma agência de comunicação, especialista em planeamento estratégico, marketing digital, design e web. Orientamo-nos pela estratégia e pela criatividade

Programas de Autor

Episódios Recentes Ver Mais

Notícias

Internacional 21 Julho, 2024

Politécnico de Viana do Castelo com avaliação máxima

O Politécnico de Viana do Castelo acaba de receber a acreditação máxima por parte da Agência de Avaliação e Acreditação do Ensino Superior (A3ES), válida por um período de seis anos, o máximo legalmente possível, e sem restrições.

Desporto 21 Julho, 2024

Jovem limiano reforça equipa masculina de sub-19 do Sporting

Limiano Rodrigo Quintiães, de 17 anos, é o novo reforço da equipa de Sub-19 do Sporting Clube de Portugal.

Cultura 21 Julho, 2024

Feira do Livro de Ponte de Lima termina hoje

A XVIII Feira do Livro de Ponte de Lima, a decorrer na Expolima, termina hoje.

Música 20 Julho, 2024

Banda vianense estreia-se na Casa da Música

A banda Coisa Mansa, com músicos de Viana do Castelo, vai estar no Porto, na Casa da Música, no evento "Verão da Casa", iniciativa que, até setembro, dá palco a dezenas de propostas musicais em diferentes formatos.

Desporto 20 Julho, 2024

Ponte de Lima homenageia Fernando Pimenta e Hélio Lucas com mural de Arte Urbana

O Município de Ponte de Lima promoveu a execução de um mural de Arte Urbana em homenagem a Fernando Pimenta e Hélio Lucas, num dos pilares da Ponte Nossa Senhora da Guia.

Nacional 20 Julho, 2024

Tribunal decreta serviços mínimos para greve na CP dias 22 e 24 de julho

O Tribunal Arbitral decretou serviços mínimos de 20% para a greve na CP - Comboios de Portugal, convocada por vários sindicatos, entre as 00h00 e as 24h00 dos dias 22 e 24 de julho.

Regional 20 Julho, 2024

Mulher de 30 anos residente em Mazarefes foi detida pela PSP por suspeitas dos crimes de burla

Uma mulher de 30 anos, desempregada, residente na freguesia de Mazarefes, em Viana do Castelo, foi detida pela PSP, na sexta-feira, por suspeitas dos crimes de burla, furto, abuso de confiança, abuso de cartão de garantia ou dados de pagamento e falsidade informática.